Produtividade dos garçons: saiba acompanhar e motivar!

Uma das características básicas da prestação de serviços é a intangibilidade. Isso significa que, em sua essência, esse tipo de atendimento não tem forma física e acaba sendo algo invisível. Para gerar valor e se tornar evidente para o público, é preciso trabalhar a produtividade dos garçons e investir naqueles que concretizam o serviço.

Mas como e por que isso é tão importante? Neste post, falaremos sobre como você pode apostar nesse capital humano para aumentar os lucros do seu restaurante. Acompanhe!

Treine os garçons

O treinamento é essencial para garantir um atendimento de qualidade não só na coleta e entrega de pedidos, mas também para auxiliar o trabalho da cozinha. Profissionais bem treinados sabem usar técnicas que contribuem para o bom funcionamento de todo o restaurante.

Digamos, por exemplo, que um grande número de clientes chegue ao restaurante ao mesmo tempo em virtude do término de algum evento, como uma sessão de cinema ou de teatro. Isso pode causar bastante congestionamento no trabalho da cozinha.

Entretanto, se os garçons forem bem treinados, eles vão saber dar sugestões que distribuam bem o serviço dos cozinheiros sem sobrecarregar apenas uma praça específica — bebidas para uns, saladas e aperitivos para outros e assim por diante.

O que dificulta muito o treinamento dos profissionais é a grande rotatividade. Muitos chegam ao novo estabelecimento com vícios trazidos de antigos trabalhos ou com pouco conhecimento sobre o cardápio.

Mesmo assim, é importante entender que o garçom é o cartão de visita do restaurante. Isso significa que a experiência que o cliente tem com esse funcionário pode ser determinante em sua decisão de voltar ali ou de recomendar o estabelecimento a outros.

Alguns aspectos que podem ser trabalhados no treinamento para elevar a produtividade dos garçons incluem:

  • como abordar os clientes;
  • como servir as mesas;
  • como anotar pedidos;
  • a postura que deve ser adotada.

Aumente a motivação da sua equipe

De nada adianta seus profissionais serem conhecedores de todas as técnicas de atendimento se não estiverem estimulados a fazer seu melhor. Por isso, a motivação está intimamente relacionada à produtividade dos garçons.

Por meio de algumas ações práticas e simples, você conseguirá elevar a satisfação da sua equipe e, consequentemente, dos seus clientes. Veja só!

Monte uma escala de trabalho adequada

O horário de trabalho deve ser flexível e benéfico para todos. Identifique seus talentos e saiba usá-los de forma inteligente, em horários estratégicos. É preciso levar em conta também a demanda de atendimento para cada horário. Períodos de pico exigem mais garçons e equipes mais habilidosas, por exemplo.

Se tiver novatos no time, certifique-se de que haverá profissionais experientes no mesmo horário para treiná-los e dar um auxílio a eles quando necessário. Por fim, é preciso que essa escala seja divulgada com antecedência para que todos possam organizar seus compromissos pessoais a fim de estarem presentes pontualmente.

Não se esqueça de repassar as gorjetas

As gorjetas são uma ajuda e tanto no salário dos garçons. Além disso, essa bonificação é uma forma de os clientes mostrarem para o profissional que gostaram do seu trabalho e o valorizam.

Assim, se o restaurante determinar uma porcentagem específica para repassar ao funcionário, isso deve ser feito. O garçom vai se sentir respeitado pelo seu trabalho e se sentirá motivado a sempre dar o seu melhor.

Defina um programa de benefícios

Além das gorjetas, benefícios adicionais podem ser um grande empurrão para os garçons buscarem melhores resultados. O restaurante pode se juntar a outras instituições, como faculdades, academias e cursos de especialização, para oferecer descontos ou bolsas.

Você pode apostar também em viagens com a equipe para comemorar datas especiais ou mesmo para celebrar as conquistas do estabelecimento. Assim, eles usufruem a companhia dos colegas em um ambiente externo mais informal, estreitam seus laços de amizade e se sentem parte do negócio.

Automatize o acompanhamento de pedidos

O maior trabalho realizado pelos garçons está relacionado à realização de pedidos de clientes no restaurante. Essa é uma tarefa que exige tempo, organização e atenção por parte do profissional. Muitas vezes, a sua agilidade ou morosidade em realizar essa tarefa acaba sendo um parâmetro para a sua eficiência tanto na copa quanto na cozinha.

Embora possa parecer um processo simples, o garçom faz centenas de pedidos, o que demanda muito tempo desse profissional. Falhas de comunicação afetam diretamente a qualidade do serviço prestado e impactam na retenção de clientes. Afinal, quem vai querer ir a um restaurante desorganizado e que demorar a atender?

A solução está na automação desse processo, que ajuda a reduzir erros e a aumentar produtividade dos garçons. O uso é muito simples: um aplicativo instalado em um dispositivo móvel (que será usado pelo garçom) atua como base para o registro dos pedidos. Tudo fica integrado ao sistema de gerenciamento da cozinha.

Esse tipo de software de gerenciamento permite a integração entre os diversos setores do negócio. Ou seja, o pedido que o cliente faz ao garçom já fica integrado ao fluxo de caixa, ao estoque, à cozinha etc., e todos os dados são compartilhados simultaneamente no monitor disponível para os cozinheiros.

A aplicação permite ao gestor ter acesso a diversas informações e vários indicadores importantes de gerenciamento. É possível:

  • acompanhar a produtividade dos garçons;
  • identificar os produtos mais vendidos;
  • gerenciar a compra de insumos do restaurante;
  • analisar projeções de crescimento;
  • acompanhar mesas e comandas em atendimento.

Os benefícios desse tipo de sistema são inúmeros. Além de elevar a produtividade dos garçons, a automatização permite:

  • reduzir falhas no registro de pedidos de clientes;
  • facilitar a inserção de observações nos pedidos;
  • dar destaque aos itens mais vendidos para potencializar as vendas;
  • fornecer uma prévia dos gastos e um cálculo rápido ao cliente;
  • ganhar tempo no atendimento, permitindo que mais clientes sejam atendidos por menos profissionais e, assim, reduzindo os custos;
  • ganhar tempo na comunicação entre copa e cozinha.

Nunca se esqueça de que os profissionais da copa são a testa de ferro do seu negócio e, portanto, tornam-se um dos principais indicadores de qualidade do seu restaurante. Por isso, é fundamental investir na produtividade dos garçons a fim de garantir o encantamento dos seus clientes e, com isso, o crescimento do empreendimento.

Gostou das nossas dicas? Que tal nos seguir nas redes sociais para receber nossos novos conteúdos? É só acessar o Facebook, o Twitter, o YouTube e o LinkedIn!

Related Posts

Como otimizar a força de vendas da sua empresa?...

#FeitadeGente – Wallace de Oliveira

Como preparar sua imobiliária para as mudanças...

Deixe uma resposta