Não sabe como atrair clientes para o bar? Veja estas 7 dicas!

O segmento de food service (especialmente bares e restaurantes) começa a demonstrar sinais de reaquecimento com a melhoria das condições econômicas no Brasil. No entanto, muitos donos de bares ainda se perguntam como atrair clientes para o bar. Trocar a marca das bebidas? Ampliar o espaço físico? Mudar o ponto?

Independentemente da análise dessas questões, existem mandamentos básicos que todo proprietário de bar deve seguir para ampliar sua carteira de clientes. Hoje você vai descobrir como elevar o fluxo de pessoas em seu estabelecimento sem gastar muito. Confira!

1. Baixe os preços no happy hour

Ter uma precificação mais baixa no final do expediente comercial é uma estratégia interessante para destacar seu estabelecimento da concorrência, especialmente se ele é recém-inaugurado. Com esse tipo de iniciativa, você perde no ticket médio, mas ganha em volume de vendas, o que pode ser vantajoso no final do mês.

Essa política costuma ser eficiente se você treinar os garçons para utilizar estratégias de estímulo à compra de impulso. Por exemplo, oferecer a grupos de amigos novos baldes de cervejas sempre que uma garrafa na mesa se esvaziar.

2. Promova pesquisas de satisfação em múltiplos canais

É difícil atrair clientes para o bar se você não coletar feedbacks sobre seus serviços e produtos. A satisfação do consumidor é uma arma poderosa no sucesso do estabelecimento. Mas a maioria dos donos de bares não sabe que sua importância vai muito além do cliente em si.

Segundo Philip Kotler, considerado o maior nome mundial do marketing, um cliente satisfeito dissemina a 3 outras pessoas, em média, sobre uma experiência gratificante com determinada empresa. Por outro lado, um consumidor insatisfeito tem efeito muito mais devastador: pesquisas mostram que ele relata a experiência negativa para cerca de 11 pessoas. Não há companhia que consiga sobreviver a esse vendaval publicitário negativo!

Com esse ensinamento em mente, você deve compreender que deixar um cliente levantar-se da mesa descontente pode, no longo prazo, destruir a imagem de seu bar. Citando o mesmo Kotler, conquistar um novo consumidor custa de 5 a 7 vezes mais do que manter os já existentes.

Dessa forma, retroação e correção devem ser processos constantes em seu bar — não somente para trazer novos visitantes, como também para somá-los aos já fidelizados. Você pode:

  • deixar nas mesas pequenos questionários de avaliação dos serviços;
  • promover enquetes nas redes sociais que deixem o cliente à vontade para descrever sua experiência;
  • criar um e-mail para receber críticas, sugestões ou elogios. SAC não é coisa só para multinacional.

3. Participe de ações de engajamento na região

Tem dúvidas sobre como atrair clientes para o bar? Patrocinar um evento de caridade no bairro ou um campeonato de futebol amador certamente fará a comunidade enxergar seu estabelecimento com muito mais carinho.

Um ponto de food service que deseja fidelização deve ir além da comercialização de mercadorias. É preciso aproximar-se do público, criar vínculos e mostrar-se atencioso.

4. Faça promoções personalizadas

A literatura especializada em comportamento do consumidor é unânime: o cliente tende a retornar a um estabelecimento ao ser tratado de forma especial. E o bar pode despertar esse sentimento em seus visitantes ao oferecer promoções personalizadas. Mas como conhecer as preferências de cada pessoa que passa pelo bar?

Esse caminho é muito mais simples para quem tem um sistema de gestão integrada para bares, restaurantes e lanchonetes. Como essas soluções agregam dados do estoque, de compras, da produção e dos pedidos de cada cliente, é possível sugerir o cadastro de visitantes (com o estímulo de sorteios ou concessão de vouchers). Dessa forma, você cria um banco de dados com o registro dos itens favoritos de cada consumidor.

A partir dessa dinâmica, você pode mandar e-mails com promoções customizadas para cada um de seus fregueses. Isso pode ser feito, inclusive, para aumentar o movimento do bar em dias mais fracos, como segundas e terças-feiras.

Imagine receber por e-mail um cupom com desconto de 50% na sua cerveja importada preferida? Ou saber que poderá comprar uma determinada quantidade de cervejas com aperitivos grátis? Esse esforço faz a diferença no faturamento mensal e costuma compensar eventuais concessões promocionais.

5. Capriche na decoração do local

Faça uma pesquisa sobre o perfil de cliente que você deseja atrair e, a partir disso, pense em uma decoração que esteja em harmonia com seu target. Mas cuidado para não modificar demais a estética do local. É preciso manter uma identidade visual bem-definida, para não acabar afastando quem já é frequentador.

Se você atrai homens de meia-idade amantes de futebol, por exemplo, pode decorar o ambiente com camisas de times (tradicionais e exóticos), além de flâmulas e pôsteres.

Se seu público é formado por jovens adeptos do rock n’ roll, podem fazer parte do espaço algumas réplicas de instrumentos musicais, reportagens de shows históricos e capas de discos. O importante é ter conexão com o cliente.

6. Promova entretenimento

Você pode tornar o bar mais atrativo (e aumentar o tempo de permanência) ao oferecer serviços diversos de entretenimento. Qual tal assinar um pacote de futebol pay-per-view para bares, ou mesmo um plano on demand para transmitir o UFC ao vivo nas noites de sextas e sábados?

É possível também colocar mesas de bilhar, tênis de mesa e outros “mimos” que certamente vão aproximar o cliente do seu bar.

7. Tenha um sistema de gestão integrado que agilize processos

Qual é a produtividade dos garçons? Qual é o tempo médio de serviço? Quais são os insumos mais utilizados na produção dos pratos e petiscos? Se você não sabe responder a nenhuma dessas questões, fica difícil agradar seu público.

Quer entender como atrair clientes para o bar? Comece informatizando todos os processos internos por meio de um sistema único. Atualmente, existem no mercado soluções para bares e restaurantes capazes de reduzir desperdícios na cozinha, dar mais velocidade ao atendimento e até mesmo controlar o fluxo nas catracas e o pagamento de comandas.

Com um único software de alta performance, você consegue automatizar todos esses serviços. E é evidente que isso repercute na qualidade do que você entrega ao seu consumidor.

Um sistema de gestão para bares, lanchonetes e restaurantes permite que o gestor veja, a partir de um smartphone com acesso à internet, quais são os valores ainda em aberto, em quais mesas.

Com esse recurso, o pedido deixa de ser anotado em blocos de papel, sendo registrado em um tablet. Essas informações são integradas aos monitores da cozinha (evitando desperdício com preparo de pratos não solicitados).

Um ERP para bar está ainda a integrar-se ao sistema de catracas, fortalecendo o controle de acesso, reduzindo furtos e ofertando muito mais comodidade aos seus visitantes. Todas essas mudanças trazidas pela transformação digital elevam o nível dos serviços e ajudam na fidelização.

E então, compreendeu como atrair clientes para o bar? Quais desses princípios básicos o seu estabelecimento costuma seguir? Deixe um comentário abaixo!

Related Posts

#FeitadeGente – Guido Pequini

Aprenda a escolher bons fornecedores para restaurantes

8 passos para você melhorar a gestão financeira do...

Deixe uma resposta