Como organizar seu estoque de food truck?

Carrinhos de churros, de pipoca, cachorro-quente, hambúrgueres artesanais… Não importa a especialidade: o food truck redesenhou o conceito de comércio ambulante de alimentos, substituindo a antiga (e equivocada) fama de baixa qualidade da comida de rua pelo alto valor agregado de pratos modernos e criativos. Tudo isso em meio a um ambiente jovem e descolado que oferece boa comida a preços baixos.

O resultado dessa releitura não poderia ser outro a não ser um verdadeiro boom no setor, especialmente nos grandes centros urbanos. Nos EUA, por exemplo, o segmento cresceu em média 7,9% ao ano desde 2011. Bem significativo, não concorda?

Mas não basta apenas ter um furgão estilizado. É preciso também ter gestão eficiente! Nesse aspecto, tais lanchonetes móveis não se diferenciam em nada das gigantes do setor gastronômico. Aliás, além da burocracia para conseguir uma licença da prefeitura, um dos maiores desafios desse modelo de negócio é controlar o estoque de food truck.

E você, por acaso sabe gerenciar seu estoque de food truck para garantir sucesso nesse modelo de alimentação express? Quer saber como fazer? Descubra agora mesmo!

Adapte seu fluxo de suprimentos às limitações físicas de armazenamento dos veículos

Apesar de não estar sujeito aos altos custos de um restaurante, quem tem um food truck deve estar preparado para adaptar sua logística de suprimentos a questões muito particulares do setor, como a maior exposição ao ambiente (chuva, frio ou calor), que pode impactar na conservação dos alimentos. Isso sem falar na impossibilidade de se instalar refrigeradores de grande porte no local.

O ideal é manter um pequeno freezer que seja capaz de prover os insumos básicos para seu comércio por algumas horas, libertando-se dos excessos que, além do risco de deterioração e de uma consequente perda de dinheiro, ainda ajudam a transformar o aspecto clean do estoque de food truck em uma verdadeira bagunça de matérias-primas e resíduos.

Mas como ter um pequeno reservatório de suprimentos, suficiente apenas para algumas horas, sem incorrer no risco oposto, o de desabastecimento? Você pode firmar parcerias com supermercados próximos ao ponto do food truck, viabilizando o agendamento de entregas mais frequentes de itens de saída, assegurando assim um giro de estoque mais rápido e eficiente. Isso garante a manutenção de uma atmosfera de higiene e organização ao seu negócio!

Separe o espaço de conservação e preparo do local de guarda de objetos pessoais

Tudo bem que o espaço é curto, mas mesmo assim é preciso (preferencialmente antes da inauguração) pensar em um layout funcional, que aproveite todos os cantinhos do veículo sem, no entanto, misturar a área de estoque e manuseio de ingredientes com o local destinado à guarda de objetos pessoais. Bolsas, chaves, roupas: nada disso pode, em hipótese alguma, ser visto próximo aos alimentos, sob pena de autuação da vigilância sanitária e, ainda pior, autuação por seus próprios clientes!

Aplique a regra do primeiro que vence é o primeiro que sai para organizar o uso dos insumos

Do inglês first expire, first out é uma metodologia de gerenciamento de suprimentos que não pode ser esquecida por quem deseja alcançar a excelência em estoque de food truck. Nessa abordagem, usada para produtos que têm data de validade, as mercadorias mais próximas do vencimento são consumidas primeiro, ainda que suas entradas sejam de lotes posteriores à entrada de outros itens existentes no estoque.

Para conseguir esse fluxo, é preciso organizar as embalagens dos produtos, mantendo todos os itens com os rótulos visíveis, de cabeça para cima. Se houver necessidade de retirar mercadorias de suas embalagens originais, guarde-as em recipientes transparentes, devidamente higienizados e etiquetados com nome, marca, datas de fabricação e de validade.

Implemente um sistema de gestão especializado de estoque de food truck

Desde quando o texano Charles Goodnight, considerado o pai do food truck, resolveu adaptar um caminhão militar para servir refeições a tocadores de rebanho, em meados de 1866, as dificuldades de gerenciar o caixa e, principalmente, os ingredientes sempre foram um desafio e tanto a ser vencido para se dar bem no segmento. Atualmente, entretanto, não é preciso fazer vistoria in loco o tempo todo para saber quantas latas de milho, pacotes de hambúrgueres e sacos de batata palha você tem disponível.

Quem conta com uma solução em gestão para lanchonetes ou restaurantes consegue programar o cálculo do ponto de pedido considerando as variáveis particulares de cada estabelecimento. Lista de produtos mais antigos, giro dos estoques, lote econômico de compra e tempo de ressuprimento: esses são outros fatores que podem ser controlados eletronicamente, a partir do simples acesso a um smartphone.

Em um dashboard, um sistema de controle de estoque de food truck exibe os insumos de forma categorizada (doces, salgados, bebidas e porções, por exemplo), provendo ao empreendedor informações em tempo real que evitam rupturas ou compras desnecessárias. Essa inteligência operacional é imprescindível para proteger seu capital, melhorando os resultados do seu business.

Com uma gestão completa para food trucks, o empresário reduz custos com ressuprimentos, direcionando o capital de giro para investimentos efetivos no próprio negócio. Não parece ideal?

Parta para a automatização do seu controle de entrega de pedidos

Não importa se estamos falando de um bar, de uma lanchonete, de um restaurante ou de um carrinho de hot dog: o controle dos pedidos deve ser extremamente racional e organizado, não somente para elevar a satisfação da clientela como também para evitar desperdício de alimentos no estoque.

Em muitos food trucks, perde-se uma grande quantidade de produtos por desistência de pedidos em função da demora ou por erros de preparo devido a conflitos entre o que o cliente pediu e o que realmente foi entregue. É possível, entretanto, corrigir essa desorganização com o mesmo sistema descrito no tópico anterior.

Entenda: um bom software para food trucks, bares e restaurantes costuma ter também um módulo destinado a produtos pendentes, que exibe em uma tela a relação de pedidos ainda em aberto, acrescentando detalhes como tempo de espera, mesa e atendente. Vale lembrar que as melhores soluções de gestão inteligente possuem módulo delivery, permitindo que se tenha controle total sobre o tempo e o status das entregas, o entregador responsável, a organização das rotas e muito mais.

E então, aprendeu a fazer um gerenciamento mais racional do seu estoque de food truck? Que tal aproveitar para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e trocar experiências de gestão com sua rede de contatos?

Related Posts

O que é gestão orientada a resultados e por que

[INFOGRÁFICO] Afinal, qual a diferença entre NF-e e...

Por que você precisa otimizar sua rotina imobiliária...

Deixe uma resposta