7 dicas para ter sucesso na administração do seu restaurante

Toda boa gestão começa com conhecimento de mercado e planejamento. Por mais que a intuição seja uma grande aliada no gerenciamento de um negócio, é preciso estudar o contexto de atuação, criar estratégias e adotar processos eficientes. Isso vale para todos os setores, inclusive a administração de restaurante.

Nos últimos anos, temos presenciado grandes transformações tecnológicas, além de inúmeras atualizações em legislações e mudanças na economia. Nesse cenário, os donos de estabelecimentos que não implementarem boas práticas podem, rapidamente, ficar para trás em relação à concorrência.

Por isso, neste post compartilhamos 7 dicas para ajudar você a administrar melhor o seu restaurante e obter o sucesso merecido. Veja as sugestões e coloque-as em prática o quanto antes!

1. Meça seus custos diariamente

Como você deve saber, no segmento de restaurantes, é fundamental o gestor ter um acompanhamento diário de custos, especialmente devido ao desperdício — produtos expirados ou jogados fora, embalagens mal fechadas, óleo queimado etc..

Além desses fatores, o custo com pessoal, como pagamentos, horas extras e faltas, também precisam ser cuidadosamente calculados. Para esses casos, você pode, por exemplo, usar o cálculo de diluição dos custos de trabalho pelos dias de ponto em aberto (a quantidade de dias vai variar de acordo com o tipo de estabelecimento).

O ideal é começar o trabalho pela manhã com os custos do dia anterior em mente, pois vai conseguir identificar um problema logo no início. Por exemplo, imagine a fritadeira a óleo desregulada. Se ontem o custo subiu porque o restaurante desperdiçou batatas queimadas, o problema logo é notado e pode ser resolvido com agilidade. O controle de custos gera eficiência.

2. Integre seus colaboradores

O bom funcionamento de um negócio envolve várias frentes e, uma delas, é relacionada à função de integrar os seus funcionários. Por isso, não deixe de reforçar a importância do trabalho em equipe e certifique-se de que todos trabalhem direcionados para um mesmo objetivo.

Para chegar ao patamar de contar com um time integrado, você pode organizar reuniões motivacionais, confraternizações e ações sociais para envolver a participação de todos os colaboradores. O importante é ter uma equipe comprometida em prol de um mesmo propósito e trabalhar unida para alcançá-lo.

3. Dê um tratamento diferenciado aos seus clientes

Você sabia que o feedback do seu cliente pode guiá-lo a uma melhor gestão e, consequentemente, a um aumento de faturamento? A opinião do consumidor costuma fornecer ao negócio uma visão diferenciada e pode ser aproveitada como um trampolim para otimizar serviços e produtos.

Portanto, faça pesquisas com seus clientes. Se você quer atender as suas necessidades, deve utilizar essa ferramenta de investigação. Saber para quem você vende e conhecer a fundo o perfil de quem frequenta seu estabelecimento é essencial para qualquer plano futuro.

Identifique o que seu consumidor tem a dizer. Conheça os gostos, as sugestões e as queixas por meio de pesquisas de satisfação e faça o possível para dar respostas ou feedbacks a quem participou.

Um dos modelos mais conhecidos e utilizados é o das quatro “carinhas”, com as opções de “ótimo, bom, regular e fraco”. Essa forma pode ser um bom ponto de partida para o seu negócio.

4. Tenha conhecimento das leis que interferem no seu negócio

Fechar as portas, mesmo temporariamente, devido à falta de informação pode lhe causar muitos prejuízos. Por isso, é essencial estar atento às leis que podem interferir na sua atuação. Veja algumas delas.

Vigilância Sanitária

Quando o assunto é restaurante, a legislação sanitária do país é extremamente exigente. Você sabia que a manipulação e o preparo dos alimentos devem ser feitos exclusivamente com água potável? E que a caixa d’água do restaurante deve ser higienizada a cada 6 meses? Pois é, essas são apenas algumas das determinações do órgão regulamentador.

Confira mais sobre as regras da Vigilância Sanitária voltadas para bares e restaurantes para entender como elas são essenciais na manutenção do seu negócio.

Legislação Local

Além de seguir as normas federais, cada cidade e estado tem a sua própria legislação. Sejam elas focadas em acessibilidade, segurança ou controle do consumo de bebida alcoólica, é muito importante conhecer quais são as leis vigentes no município e estado onde o restaurante está localizado.

Leis Trabalhistas

O artigo 67 da CLT declara que estabelecimentos legalmente autorizados a funcionar aos domingos e feriados precisam organizar escalas de folga ou revezamento. Essa, assim como outras leis trabalhistas, deve ser cumprida para a empresa evitar processos e dificuldades com os colaboradores. Procure se inteirar mais sobre elas a fim de evitar esse tipo de problema.

5. Use a tecnologia como uma aliada

Em plena era tecnológica, nada mais justo do que recorrer à facilidade de um software para lhe ajudar no dia a dia do negócio, não é mesmo? Uma gestão moderna dispõe de ferramentas preparadas para controlar a saúde financeira da empresa e permitir acesso a diversos relatórios ao mesmo tempo em que organiza suas contas. Ao escolher sua ferramenta, dê preferência a recursos que podem ser integrados à frente de vendas.

Um software ainda pode contar com o auxílio de uma comanda eletrônica para gerar mais agilidade e qualidade no atendimento, evitar erros de pesagem e adicionar ou excluir ingredientes dos pedidos de maneira muito eficiente.

Além de todas essas vantagens, um sistema inteligente permite a você ter um cardápio digital customizado para o seu restaurante. Assim, o consumidor pode fazer pedidos pelo smartphone e você tem a chance de arrasar nas vendas delivery.

6. Fique de olho na concorrência

Lembre-se de que mesmo o menor dos concorrentes pode ter alguma boa prática para inspirar você. Acompanhar a concorrência e ser crítico sobre o seu estabelecimento é sempre uma ótima maneira de se manter competitivo. Procure entender o que o concorrente faz e como isso poderia ser aplicado ao seu negócio.

Aproveite essa oportunidade para destacar os diferenciais admirados em outros restaurantes e, então, trabalhe para desenvolver essas potencialidades no seu. Você pode se surpreender com as muitas qualidades “adormecidas” em você e nos seus funcionários a serem exploradas a partir dessa análise.

7. Esteja sempre atento às mudanças

Como já mencionamos, a administração de restaurante apresenta vários desafios específicos. Por isso, o gestor deve estar sempre atualizado em relação às leis, à tecnologia, à concorrência e às boas práticas do setor. Por isso, ficar atento às mudanças internas e externas é fundamental para não ser pego desprevenido.

Ao adotar uma postura de estudo e melhoria constante, você amplia radicalmente as chances de obter sucesso no seu negócio. Em vez de esperar uma mudança no mercado ou na economia, assuma a liderança. Isso é crucial para a sustentabilidade do empreendimento. Aproveite essas dicas de administração de restaurante para incrementar a sua gestão agora mesmo!

Você já coloca em prática alguma dessas sugestões ou tem alguma que chama mais a sua? Compartilhe sua experiência e opinião conosco nos comentários!

Como fazer o gerenciamento de estoque com eficiênciaPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Related Posts

Entenda de uma vez como funciona a NFC-e

Teste automatizado com o Test Complete

Pet friendly: como receber bem os animais no meu...

Deixe uma resposta