NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Moda

Organização de estoque: 9 dicas para lojas de roupas

5 Mins de leitura

Quem tem uma loja de roupas sabe que não há nada mais frustrante do que um estoque desarrumado. Você demora para achar itens, faz compras desnecessárias e decepciona clientes por conta da bagunça. Por isso, a organização de estoque sempre faz muita diferença.

Pensando nisso, listamos abaixo algumas maneiras de resolver esse problema. Continue sua leitura para saber mais!

Por que manter uma boa organização de estoque?

Manter uma boa organização de estoque pode trazer mais vantagens para o seu negócio do que você imagina. Entre os principais benefícios, estão:

  • menos tempo perdido procurando por itens que os clientes pedem;
  • Menos erros na hora de entregar ou enviar produtos;
  • mais produtividade na organização do espaço interno da loja;
  • menos prejuízos causados ​​por produtos que estão parados no estoque;
  • mais oportunidades de promoções e outros estímulos para compra;
  • maior satisfação dos clientes com serviços mais ágeis e eficientes.

E esses são apenas alguns exemplos do que uma boa organização pode fazer pela sua loja. Afinal, ter um estoque bem organizado significa, também, ter uma visão geral melhor do seu negócio.

Você consegue ver com mais clareza quais são os itens que mais saem, que ficam mais tempo em estoque, que são básicos e sempre tem uma boa saída mesmo não ficando entre os mais vendidos.

Isso pode ajudá-lo não apenas a reorganizar seu estoque, mas também a prever algumas tendências de acordo com as épocas. Por exemplo, você pode perceber que vestidos são mais vendidos na época do Natal e, então, estar pronto para o próximo fim de ano.

Com essas vantagens, é inegável que a organização de estoque deve ser uma prioridade para sua empresa. Confira a seguir algumas dicas para manter essa ordem sempre em dia.

9 dicas da organização de estoque para aplicar ainda hoje

Abaixo, você vai ler nove dicas que vão ajudar-lo a organizar o estoque da sua loja de roupa de modo a não desperdiçar espaço e nem oportunidades. Confira:

1. Avalie seu espaço físico

Antes de mais nada, você precisa saber qual é seu espaço físico para guardar o estoque. Não cometa o erro de encher uma peça com roupas demais e acabar com uma pilha irreconhecível de tecidos.

Quando o seu estoque cabe no espaço físico, você consegue ter uma visão geral de quais produtos estão disponíveis, quais estão faltando e quais estão parados. Além disso, você consegue cuidar de todas as peças do jeito certo. Nada de oferecer roupas manchadas ou descosturadas para seus clientes!

2. Crie classificações

Classificar como peças de roupa é uma maneira de controlar o que tem ou não no estoque. Esse é um processo contínuo e que deve começar o mais rápido possível para manter uma boa organização da sua loja.

Mas a classificação, é claro, não deve existir em vão. Ela deve fazer parte de um cadastro, que vai manter uma organização de estoque no seu negócio.

Você pode, por exemplo, classifique as peças por tamanhos, núcleos ou tipos (como vestidos, bermudas, camisetas ou pijamas). Depois, registro ao cadastro o valor, uma descrição do produto, código de barras e assim por diante. Dessa forma, quando para procurar um tipo de peça, você tem diversas maneiras de encontrar-la.

3. Faça um levantamento do que você já tem

É impossível organizar apenas o que chega de novo na sua loja. Se você não olhar o que já tem e fazer um cadastro, tudo o que chegar depois só vai se amontoar até ficar impossível de gerir.

Por isso, faça um levantamento do que já está em seu estoque. Descubra quais tipos de peças você tem mais ou menos, veja o valor de cada uma, analise o estado em que estão. Se alguma peça precisar de limpeza ou manutenção, separe-a para fazer isso.

Esse levantamento vai ser essencial tanto para a organização de estoque quanto para planejar a próxima compra.

4. Estabeleça um estoque mínimo e um estoque máximo

Para saber quando comprar mais peças, ou saber quando as compras já foram o suficiente, é bom definir um estoque mínimo e um estoque máximo. Ou seja, uma quantidade de peças mínimas para que sua loja funcione e uma máxima, para não lotar seu espaço.

O ideal é que também haja um estoque mínimo e máximo para cada tipo de peça. Se o seu estoque mínimo estiver preenchido, mas metade das roupas são calças, você pode não ter a quantidade de outras peças necessárias para atender sua clientela.

5. Conheça seus clientes

Entender como necessidade dos seus clientes é essencial para manter um estoque bem organizado. O que seu público mais procura quando vai a sua loja? O que eles querem ver mais? O que acabam deixando de lado?

Isso vai ajudá-lo em diversos aspectos, como:

  • organizar os itens dentro do ponto de venda;
  • saber o que deve ser comprado em maior quantidade ou mantido em estoque;
  • investir no que vai dar mais retorno;
  • saber quais são os fornecedores ideais, etc.

6. Leve em conta a sazonalidade

É preciso considerar como épocas do ano na hora de preencher e fazer a organização de estoque da sua loja. Por exemplo, um estoque cheio de casacos e suéteres pode estar completo no outono, mas é ineficiente no começo do verão.

Do mesmo modo, é preciso compreender que algumas épocas necessárias mais do que outros. E, em alguns casos, produtos específicos. Por exemplo, estocar mais roupas femininas na época do Dia das Mães faz muito sentido. E perto do final de ano, todos tendem a comprar mais, então também é preciso preparar o estoque.

7. Não deixe peças, peças

Você já deve conhecer o conceito de giro de estoque, mas talvez não saiba como utilizar-lo em uma loja de roupa. Afinal, não existem produtos perecíveis que precisam ser usados ​​primeiro no seu negócio.

Mas esse giro pode fazer toda a diferença na organização de estoque exatamente para impedir que as peças fiquem ocupando esse espaço. De maneira programada, faça ofertas e promoções diversas para colocar esses itens a venda novamente.

Promoções do tipo “desconto progressivo” ou “leve duas peças, pague uma” podem ser a diferença entre ter prejuízo ou conseguir vender por um preço mínimo.

8. Treine seus funcionários

Pouco adianta ter um sistema de organização de estoque bem estabelecido se você é o único que o entende. Seus funcionários também precisam entender como arrumar o espaço físico, cadastrar as peças e definir quando a próxima compra deve ser feita.

Oferecer um treinamento é o ideal, mas nem sempre é o suficiente. O melhor é repassar, periodicamente, como regras de organização que devem ser postas em prática para garantir a ordem do estoque e a satisfação dos clientes.

9. Conte com a tecnologia

A organização de estoque precisa ir além do físico. Afinal, fazer cadastros à mão, em papéis que ficam soltos pela empresa, é o primeiro passo para se desorganizar novamente.

Por isso, conte com softwares de ERP para fazer o controle fiscal, uma organização de estoque, o controle de caixa e muito mais.

Um bom sistema pode ter características como armazenamento em nuvem, gestão de promoções e campanhas, múltiplas formas de pagamento no ponto de venda e outros que vão auxiliá-lo a automatizar processos e aumentar a produtividade do seu negócio.

Seguindo essas dicas, você vai ter uma organização de estoque mais eficiente, um negócio mais produtivo e clientes  que vão sempre voltar para sua loja.

Gostou desse artigo? Então leia também Vitrine profissional: organizando a frente de loja de roupa

40 Artigos

Sobre o autor
Joseph Spiegel - Diretor Gestão e Vertical Moda da Alterdata
Artigos
Artigos relacionados
Moda

Ideias de nomes para loja de roupas: 7 dicas para te ajudar

4 Mins de leitura
Que tal uma ajuda para ter mais ideias de nomes para loja de roupas? Venha conosco e confira as nossas dicas para acertar na escolha da sua marca.
Moda

Como escolher os produtos para loja de roupas?

4 Mins de leitura
Listamos aqui as dicas para você escolher os melhores produtos para loja de roupas. Confira as orientações sobre público-alvo, fornecedores e mais
Moda

O que é essencial na decoração para loja de roupas?

4 Mins de leitura
Decoração para loja de roupas: entenda como fazê-la e de que maneiras criar diferenciais para o seu negócio a partir da organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.