NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Moda

Vitrine profissional: organizando a frente de loja de roupa

5 Mins de leitura

Para uma loja de moda, investir em uma boa vitrine profissional — ou a famosa frente de loja de roupa — é crucial para seu sucesso. Afinal, você não compra uma camisa apenas porque precisa se vestir. Moda é personalidade, e seu cliente sabe disso. Mas como deixar sua vitrine atraente o suficiente para atrair seu público?

Você abriu uma loja agora e não tem muita experiência com vitrines? Já tem seu negócio faz algum tempo e quer melhorar as vendas? Então, veja agora como deixar a frente de loja de roupa irresistível!

Como organizar a frente de loja de roupa?

Considerada um vendedor sempre ativo, a vitrine é o cartão de visitas de uma loja e uma das maiores responsáveis pelas vendas em lojas físicas. Portanto, ela precisa ser atraente para seu potencial consumidor.  Entenda como prepará-la:

Tipos de vitrine

Existem diferentes tipos de vitrine, e cada tipo pode exigir um cuidado diferente. Aqui, vamos nos ater apenas às da frente de loja de roupa — já que você pode ter vitrines em diversos locais do negócio. Veja:

Fechada

Além da proteção na parte anterior, há uma separação entre a vitrine e a loja. Portanto, quem está do lado de dentro não consegue ver a frente de loja de roupa. Esse tipo tem como objetivo fazer um contraste entre as peças e o background — roupas claras e fundo escuro, por exemplo — mas também pode ser feito com uma proteção transparente. Além disso, os itens não sofrem interferência do interior do estabelecimento.

Um detalhe importante é que só os funcionários têm acesso aos produtos expostos, por isso é um tipo de vitrine ideal para exibir peças mais caras.

Aberta no fundo

É o tipo de frente de loja de roupa que tem a proteção na parte anterior, mas a posterior é livre. Então, quem está dentro da loja também consegue ver e tocar as peças exibidas.

A vitrine aberta no fundo é mais fácil de acessar e, por isso, também precisa de mais manutenção. Além do mais, não é o tipo ideal para peças de custo mais alto, mas você tem menos dificuldades em fazer trocas de peças.

Lembre-se de que esse tipo de vitrine também vai mostrar o interior, portanto é preciso que tudo dentro dela esteja organizado. Isso faz com que a visualização dos produtos expostos fique menos confusa, além de deixar o estabelecimento mais convidativo.

Totalmente aberta

Mais vista em lojas de shopping, neste tipo a vitrine é a própria entrada da loja. Os manequins são organizados na porta (que deve ser bem ampla) e dá mais liberdade ao cliente em tocar os produtos.

Esse tipo de vitrine exige mais atenção dos vendedores e arrumação constante. No entanto, pode ser o ponto atrativo para o cliente que gosta de sentir a qualidade do tecido antes de entrar na loja.

Iluminação

Pode reparar: os estabelecimentos mais atraentes sempre têm uma excelente iluminação na vitrine. Portanto, a frente de loja de roupa precisa ser muito bem iluminada, que permita ao consumidor conferir detalhes da estampa, tipo do tecido, costura e acabamento. Além disso, valoriza qualquer decoração que você vá fazer.

Existem diversos tipos de luminária: para o teto, para o rodapé ou soltas, que podem ser posicionadas em diferentes locais da vitrine. No entanto,  como a frente de loja de roupa é um espaço mais restrito, o ideal é escolher lâmpadas quentes, como as de filamento ou dicroicas, que destacam os produtos.

Sofisticação x simplicidade

A iluminação também pode dar o tom de sofisticação ou acessibilidade graças a um simples fator: a sombra.

Quanto maior o contraste entre o que é ou não iluminado, maior será a impressão de sofisticação da sua loja. Mas se você deseja causar uma percepção de simplicidade e acessibilidade, além de atrair um público mais popular, deixe a vitrine com luminosidade uniforme.

Profundidade

As vitrines podem ter pouca ou muita profundidade. As com pouca têm menos espaço, então podem ser mais simples, mas precisam ter bom aproveitamento do espaço vertical.

Já as mais profundas permitem que você coloque manequins em duas fileiras, por exemplo. Para isso, é só alterná-los, permitindo que todos sejam bem visualizados pelo lado de fora da loja.

Peças

Obviamente, você deve expor os itens mais chamativos ou que tenham mais a cara do seu potencial cliente. Coloque as peças de maior preço no centro da vitrine para valorizar toda a construção.

Porém, o mais importante aqui não é apenas escolher as peças, e sim contar uma história. Você pode vender roupas de diversos estilos, mas na hora de montar a vitrine, elas precisam conversar entre si. Repare que grandes varejistas não colocam juntas peças esportivas, de trabalho e de lazer — eles escolhem um tema em trabalham em cima dele.

Em setembro, por exemplo, você pode trabalhar a primavera. Peças leves, de tecido orgânico, iluminação neutra (não muito amarelada) e flores já ajudam você a trazer esse tema para sua loja.

Regra de três

Algumas ciências levam o 3 como número perfeito, e até na publicidade ele parece ter um efeito mais atrativo. É comum que vejamos 3 argumentos ou 3 adjetivos para tentar convencer ou caracterizar alguém — ele traz essa sensação de equilíbrio. E você também pode usá-lo na criação da frente de loja de roupa: é o que alguns vitrinistas chamam de regra de três.

Então, quando você estiver organizando os itens da vitrine, o ideal é colocar em grupos de 3, que podem ser tanto de peças quanto de looks ou manequins — 3 itens na vitrine esquerda e 3 na direita, por exemplo.

Em peças e looks, você pode organizá-los em formato de pirâmide, colocando o objeto do meio um pouco mais alto e os outros mais baixos, na mesma direção. Isso evita que os olhos se foquem apenas em um produto e os “força” a observar todos os produtos.

Além de atrair mais atenção, esse uso em pirâmide permite que você aproveite o espaço vertical.

Rotatividade

É essencial variar a vitrine da sua loja. Isso mostra para o seu público que você está sempre trazendo novidades, além de trazer aquele senso de urgência — é melhor correr para adquirir aquela peça, já que ela pode sair de linha em breve.

O ideal é fazer a rotatividade de peças a cada semana ou, no máximo, em 15 dias.

Outro detalhe importante: aproveitar datas sazonais é fundamental. Você precisa aproveitar Natal, Ano Novo e Dia das Mães para se inspirar. Mas assim que a data passar, mude a frente de loja de roupa.

Precificação

Sabe aquela história de postar um produto na internet, o cliente perguntar quanto custa e a loja responder “preço inbox”? Algo parecido não pode ocorrer num estabelecimento físico — o seu cliente não deve ter que entrar para saber qual o preço da peça. Informar preços na frente de loja de roupa é obrigatório, segundo o Código de Defesa do Consumidor.

Por se tratar de uma vitrine, a melhor maneira de colocar é em um quadrinho com uma lista especificando cada peça e manequim. Tudo deve estar bem visível para seu consumidor.

Redes sociais

Usar a internet para se inspirar é fundamental. Existem uma infinidade de frente de loja de roupa que pode servir de inspiração para seu negócio. Então, por que não experimentar?

Uma ótima fonte de ideias é o Pinterest. Você pode se inspirar com montagens de looks, arrumação de manequins, objetos de decoração, estilos diferentes de iluminação e muito mais. É só salvar tudo em uma pasta e consultar sempre que quiser.

Pronto para montar sua vitrine? Para mais dicas sobre moda e varejo, continue acompanhando nosso blog!

Quer saber sobre o varejo Low Touch? Assista a live que preparamos para você!

40 Artigos

Sobre o autor
Joseph Spiegel - Diretor Gestão e Vertical Moda da Alterdata
Artigos
Artigos relacionados
Moda

Ideias de nomes para loja de roupas: 7 dicas para te ajudar

4 Mins de leitura
Que tal uma ajuda para ter mais ideias de nomes para loja de roupas? Venha conosco e confira as nossas dicas para acertar na escolha da sua marca.
Moda

Como escolher os produtos para loja de roupas?

4 Mins de leitura
Listamos aqui as dicas para você escolher os melhores produtos para loja de roupas. Confira as orientações sobre público-alvo, fornecedores e mais
Moda

O que é essencial na decoração para loja de roupas?

4 Mins de leitura
Decoração para loja de roupas: entenda como fazê-la e de que maneiras criar diferenciais para o seu negócio a partir da organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.