Dicas de GestãoGestão

Gestão de pequenos negócios: como aprimorar a administração da sua empresa?

4 Mins de leitura

Quando o assunto é a gestão de pequenos negócios, você sabe o que é essencial para aprimorar a administração do seu?

Olha, todo empreendedor tem sonhos. Alguns deles são o trabalho com propósito, a maior liberdade para tomar decisões e a maior rentabilidade.

Sua empresa pode te proporcionar tudo isso e muito mais, desde que você entenda a necessidade de aprimorar constantemente os conhecimentos sobre gestão de pequenos negócios.

Essa necessidade vem por causa do desafio de manter o negócio funcionando, sempre competitivo e pronto para crescer.

A boa notícia é que basta manter a mente aberta para aprender e aprimorar seus conhecimentos e práticas. Some isso a um bom planejamento e voilà, aí está o caminho para fazer uma boa gestão.

Já que o assunto é sobre gestão de pequenos negócios, nós preparamos uma lista com dicas para você aprimorar a do seu. Acompanhe!

Faça e atualize o planejamento do seu negócio

Um bom plano de negócios responde, no formato em que for proposto, todas as perguntas sobre como a sua empresa está organizada. Fala ainda sobre clientes, fornecedores e estratégias para mantê-la num bom patamar e ganhar mercado.

Se a sua empresa não tem um plano de negócios, a gente te ensina aqui o passo a passo de como montar um. No caso de ter um, é de fundamental importância mantê-lo atualizado, pois o mercado muda constantemente.

Alguns pontos do plano de negócios serão abordados mais para frente, como a análise de concorrência e a de mercado. Outros a gente já te adianta.

Mantenha atualizada a análise dos seus fornecedores, entendendo o momento e a capacidade de cada um. Priorize boas relações e negociações.

Aproveite para olhar o plano de marketing, para detalhar a estratégia de venda dos seus produtos e serviços, identificando o necessário para fazer com que cheguem aos clientes.

O plano operacional também requer atenção, pois ele descreve como o negócio funciona no dia a dia. Alguns processos podem estar defasados, necessitando de mudanças ou adaptações.

Mantenha-se atualizado sobre o mercado

Manter-se atualizado sobre o mercado permite entender quando ele está estagnado, em crescimento, em declínio ou com oportunidades arriscadas. Possibilita saber como o seu negócio vai lidar com as situações e desafios que surgem.

Na gestão de pequenos negócios, você pode fazer:

Pesquisa de mercado

Expectativas tanto sobre o mercado quanto o seu negócio.

Análise de gabinete

Mais ampla e genérica, faz um estudo a partir do dia a dia da operação da sua empresa.

Nos dois modelos acima, você deve entender quem constitui o mercado, o que ele compra, por qual motivo ele compra, quem participa da compra, como o mercado compra, quando compra, onde compra e o comportamento pós-compra.

Acompanhe a concorrência

Quer saber como está a situação dos seus concorrentes? Olhe para eles!

O primeiro passo é descobrir quem compete com o seu negócio. Por mais que algumas empresas estejam no mesmo segmento de atuação que o seu, elas não são necessariamente suas concorrentes.

Para saber quem são, descubra quais delas querem alcançar o mesmo público que você. Isso é fundamental para aprimorar suas estratégias, como de vendas e de marketing.

Identifique os pontos fortes e fracos desses negócios que têm potencial para representar oportunidades para a sua empresa.

Evite erros cometidos pelos outros e aprimore seus produtos e serviços existentes, além dos que estão por vir.

Controle o fluxo de caixa

O fluxo de caixa representa o movimento de entrada e saída de dinheiro da sua empresa. O controle dele é essencial para a boa gestão de pequenos negócios.

Para que ele funcione corretamente, registre todos os ganhos e gastos. Todos! Sim, até o pacote de copo plástico para tomar café, que pode ser substituído por canecas individuais de cerâmica.

O controle do fluxo de caixa deve ser diário. Crie uma rotina para fazer isso.

Tenha ainda uma previsão das contas a pagar e a receber, categorizando-as por tipo. Isso ajuda entender de onde e para onde o dinheiro está indo.

Quando o controle de fluxo de caixa é feito, você ganha previsibilidade a curto e longo prazo. Isso permite avaliar diferentes cenários e se preparar para as adversidades.

Cuide da gestão do estoque

gestão de pequenos negócios

Estoque é dinheiro parado. Por isso ele é importante.

Independentemente de ser interno ou para vendas, a gestão de estoque é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Quando é bem controlado, as compras se tornam planejadas, você consegue calcular o giro das mercadorias e até diminui a necessidade, por exemplo, de usar o dinheiro do caixa.

Tá! Por que ele é dinheiro parado?

Se você mantém armazenada uma quantidade desnecessária de insumos e mercadorias, acaba investindo em algo que está acumulado em uma sala ou galpão.

Para que o estoque não seja dinheiro parado, faça uma listagem de tudo e considere a quantidade, a identificação e a classificação. Confira periodicamente as entradas e saídas, busque também perdas ou inconsistências.

Adote boas práticas de organização

A gestão de pequenos negócios requer mãos dadas entre dois conceitos: administrar e organizar.

Se quiser administrar bem, precisa pôr ordem na casa!

Isso significa ter tudo documentado e investir em processos e registros.

Esse inventário deve ser físico (para o que for importante guardar, como notas fiscais impressas) e virtual.

Sobre o inventário virtual, digitalize o que for possível e armazene em ferramentas como Google Drive, para acessar os documentos a partir de qualquer lugar.

Mantenha a disciplina e crie o hábito de manter tudo sempre organizado. Permaneça consistente!

Use a tecnologia para fazer a gestão de pequenos negócios

A gente já deu uma pincelada nisso no tópico anterior, né? Mas você pode ir além e ter um sistema de gestão de pequenos negócios à sua disposição.

Esse tipo de sistema, como o ERP for ME, garante mais eficiência na gestão financeira e emissão de notas.

Quando é 100% online, possibilita a gestão a partir de qualquer lugar. Ainda dispensa rotinas manuais, pois o próprio sistema faz tarefas complexas, como confrontar informações bancárias com a movimentação do seu negócio ou analisar saldos, pagamentos e recebimentos de forma mais assertiva.

Viu como uma boa gestão de pequenos negócios pode fazer com o que o seu se torne e se mantenha competitivo no mercado? Siga as dicas acima e prepare-se para fazer um upgrade na sua empresa.

Por falar em software de gestão para pequenos negócios, aproveite para conhecer mais detalhes do ERP for ME, sistema PDV para emissão fiscal.

Soluções em cloud para acelerar a produtividade e eficiência da equipe
340 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
GestãoVarejo

Gerenciamento de papelaria: o que é preciso saber para ter sucesso

4 Mins de leitura
Saiba como fazer um gerenciamento de papelaria com qualidade e gerar protagonismo para a sua empresa no mercado.
GestãoVarejo

Saiba como extrair XML de uma nota fiscal

4 Mins de leitura
A gente te explica como extrair XML e mostra as vantagens desse processo para o seu negócio.
AlterdataGestãoVarejo

Módulo financeiro: saiba o que é fundamental em um ERP para MEI!

4 Mins de leitura
Saiba o que faz o módulo financeiro de um ERP mara microempreendedores individuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.