NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Gestão Contábil

KPI na contabilidade: 4 indicadores-chave de sucesso para o seu negócio

5 Mins de leitura

Todos os setores do mercado têm de lidar com a crescente concorrência — e no segmento contábil não é diferente. Por isso, os líderes de todo negócio precisam estar atentos ao seu próprio desempenho e atuação. Utilizar KPI na contabilidade pode ajudar na hora de entender quais os pontos fortes e fracos das estratégias atuais, indicando onde são necessárias melhorias.

Não existem estratégias de gestão perfeitas, mas sempre existem meios de melhorar a forma como o seu projeto é conduzido. Isso pode ser facilmente realizado por meio da análise de dados referentes a métricas de desempenho. Então, continue a leitura e confira quais indicadores você deve conhecer a fim de alcançar o sucesso no seu negócio!

O que é um KPI?

O termo Key Performance Indicators (KPI) pode ser traduzido para Indicadores-chave de Desempenho e representa algumas métricas de performance. Na prática, eles são apenas alguns números apurados periodicamente e que dizem se a empresa está indo bem ou mal em um aspecto específico.

Por conta disso, eles são úteis para entender quais setores precisam de ajuste na execução e que partes do negócio estão performando muito bem e devem ser masterizadas.

Quais são os benefícios para de KPI na contabilidade?

Uma boa avaliação dos KPIs no seu escritório contábil pode ser útil em saber quais são as atividades mais rentáveis, que membros da equipe são produtivos e permite avaliar os resultados de modo geral, dizendo se sua empresa está alcançando os objetivos.

Além disso, esses indicadores ajudam no processo de planejamento e tomada de decisão para o médio e longo prazo. Isso acontece, pois, com dados atualizados do desempenho de cada parte do escritório, você pode tomar decisões com segurança.

Outro aspecto importante se refere à transparência da contabilidade. O levantamento de KPI na contabilidade traz clareza quanto aos resultados e permite que toda a equipe conte com uma vista panorâmica da performance e entenda o seu papel nas melhorias que devem ser feitas.

Como definir os indicadores de desempenho?

Para definir os KPIs que serão utilizados, é necessário compreender quais são as características do negócio que você quer avaliar. Um bom indicador precisa ser facilmente mensurável, ter objetividade, ser simples de calcular e conter um valor agregado de forma a ajudar no direcionamento da sua empresa.

Além disso, com o uso de um bom CRM contábil, você deve conseguir coletar os dados necessários para apurar e entender o que aquele indicador tem a mostrar sobre o seu negócio. Portanto, no momento de definir qual será utilizado em sua empresa, verifique se eles apresentam essas características.

Quais são os principais KPIs na contabilidade?

Agora que você já sabe quais são os benefícios de utilizar bons indicadores para contabilidade, que tal partir para os mais importantes na busca do sucesso no seu negócio? Abaixo, listamos os KPIs fundamentais que devem ser acompanhados. Siga a leitura e confira!

1. Taxa de queima de caixa

A taxa de queima de caixa ou “burn rate” se refere à quantidade de recursos que a empresa empenha em um certo período para garantir a manutenção de suas operações. Como esse indicador tem certa variabilidade, é importante verificá-lo com frequência. Além disso, usar um ERP para redução de custos pode ser uma ótima opção para não queimar o caixa da empresa.

Banner eContador AlterdataPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

A fim de calcular, a fórmula é bem simples: o “burn rate” mensal é igual ao saldo inicial menos o saldo final, considerando o montante em caixa e nas contas bancárias. Por meio dele, você consegue prever a possibilidade de entrar no vermelho e, dessa forma, pode tomar decisões para evitar que isso aconteça.

2. Taxa de crescimento de receita

Ao usar esse indicador, você vai ficar ciente de como está a eficiência da área de vendas. Com o uso de um exemplo, é mais simples de entender o cálculo. Imagine que em janeiro de 2021 a receita dos doze meses anteriores foi de R$ 200 mil e, um ano após, em 2022, ficou no patamar de R$ 250 mil. A taxa de variação é igual ao valor final menos o inicial, dividido pelo inicial, vezes 100 para transformar em porcentagem.

Usando os dados da suposição, obtemos: R$ 250 mil menos R$ 200 mil, dividido por R$ 200 mil. Fazendo a conta, temos um valor de 0,25, que em forma percentual é igual a 25%, sendo essa a taxa de crescimento de receita do período utilizado.

3. Custo para Aquisição de Cliente

O CAC, como é conhecido, ajuda a compreender a eficiência do marketing e das vendas da sua empresa. Basicamente é utilizado com o objetivo de saber quanto é preciso gastar a fim de obter um novo cliente. O CAC é igual ao total investido na aquisição de clientes, dividido pelo total de consumidores conquistados.

Por exemplo, suponha que você fez uma campanha de marketing para Facebook e investiu o total de R$ 1 mil e, com isso, conquistou 2 mil novos clientes. Nessa suposição, seu CAC foi de R$ 0,50. Com esse indicador, você entende quais foram seus esforços monetários na conquista de demandantes para seu serviço e consegue ajustar as estratégias em outras campanhas.

4. Retorno sobre Investimento

O ROI, abreviação do termo em inglês para retorno sobre investimento ajuda a compreender quanto você está ganhando ou perdendo com determinada estratégia adotada na sua contabilidade. Dessa forma, consegue identificar que investimentos são válidos e quais devem ser deixados de lado.

No cálculo, você pega a receita obtida com o investimento, deduz disso o custo necessário para fazê-lo e, por fim, divide por esse mesmo custo. Por exemplo, imagine que foi gasto um valor de R$ 10 mil em um projeto. Ele retornou um montante de R$ 50 mil. Assim, usando a fórmula acima, seu ROI é de 4 vezes o valor investido.

Como a Alterdata pode ajudar com os KPIs na contabilidade?

Com o sistema contábil da Alterdata, você conta com ferramentas de gestão que garantem a comunicação, praticidade e o levantamento de dados do desempenho da sua empresa. Por meio dele você consegue organizar todas as informações que precisa para produzir todos esses indicadores e avaliar como está o seu negócio.

Como a Alterdata conta com vários sistemas e módulos customizáveis, além de atender a demandas cotidianas, existem estruturas próprias que ajudam a gerir o seu escritório. Todos os processos são automatizados, evitando erros e inconsistências na hora de efetuar o levantamento de dados.

Assim, ao avaliar cada KPI na contabilidade, você consegue ganhar informações muito importantes no intuito de saber quais passos vão levar seu escritório a ser cada vez mais eficiente, rentável e produtivo. Para ajudar nesse processo, é muito importante contar com parceiros de confiança e que contribuem com o crescimento do seu projeto.

Viu como uma avaliação correta de KPI na contabilidade é importante para o seu negócio? Então, entre em contato conosco e confira quais soluções a Alterdata pode apresentar à sua empresa!

Powered by Rock Convert
146 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical Contábil da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Gestão Contábil

Govtech: o que é, seus benefícios e os principais recursos

4 Mins de leitura
00Você sabe o que é uma govtech? Com certeza, já leu ou ouviu por aí inúmeras vezes o quanto a tecnologia tem…
Gestão Contábil

Metodologias ágeis na contabilidade: entenda a importância

4 Mins de leitura
00Você já ouviu falar em metodologias ágeis? Em termos bastante simples, elas podem ser conceituadas como uma das ferramentas que caracterizam o…
Gestão Contábil

Contabilidade 4.0: entenda o que é e por que adotar na sua empresa

5 Mins de leitura
00Já não é uma novidade que a transformação digital tem impactado não apenas o cotidiano da sociedade, mas os diversos segmentos corporativos….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.