Varejo

Entenda como gerenciar um açougue em 5 passos

4 Mins de leitura

Manter um bom preço a longo prazo é algo interessante para o cliente e um grande desafio para o empresário. Ainda mais quando o empreendimento é um açougue. Isso porque são muitos fatores que interferem no preço final repassado ao cliente. Então, tudo vai depender de como gerenciar um açougue. 

Se esse gerenciamento não estiver, por exemplo, ancorado em boas tecnologias, é bem capaz que tudo seja mais difícil de gerir e os bons resultados demorem a chegar. Também se não tiver visão acurada sobre os desejos do cliente, o negócio pode começar a ficar mal das pernas. 

Quer saber como gerenciar um açougue de maneira simples e assertiva? Leia este texto e conheça cinco dicas primordiais para fazer isso. Confira!   

1. Conheça os pontos fortes e fracos do seu açougue

Para começarmos a falar sobre como gerenciar um açougue, é necessário tocar nos estudos da sua empresa. O primeiro passo é entender onde você é bom e onde ainda precisa melhorar.

Qualquer processo de gestão, independentemente do setor de atuação, possui tanto qualidades quanto defeitos. O mesmo acontece com a gestão de um açougue.

No entanto muitos desses estabelecimentos acabam fazendo vista grossa em relação aos seus defeitos. Essa é uma estratégia muito ruim. Principalmente porque os defeitos ajudam a aprimorar ainda mais o empreendimento. Saber definir quais são esses pontos fortes e fracos ajuda a direcionar as ações.  

Nesse sentido, é essencial, por exemplo, identificar se existem reclamações pela demora do atendimento. Isso demonstra um defeito que deve ser articulado com estratégias para aumentar a velocidade do atendimento. 

Outro ponto é investigar se os clientes têm reclamado a respeito da qualidade da carne. Assim é preciso verificar qual é o problema e criar novas maneiras de melhorar a qualidade. Por exemplo, mudando de fornecedor ou aprimorando as técnicas de corte. 

Realizando esse tipo de análise de pontos fracos e fortes, o açougue tende a ganhar mais clientes. Além de melhorar sua imagem perante o consumidor.

2. Dê prioridade ao que o cliente gosta

Agora que você já começou a entender como gerenciar um açougue, podemos tratar da pessoa principal do seu negócio: o cliente.

Quando o estabelecimento trabalha com produtos perecíveis, como o caso de açougues, a primeira preocupação é atender aos desejos do consumidor. Isso vai desde garantir que o produto tenha boa qualidade, passando por oferecer um bom atendimento, indo até oferecer um preço que tenha bom custo-benefício para o bolso do consumidor. 

Mas também há outros detalhes que acabam entrando no hall de exigências do cliente. Por exemplo, a variedade de produtos e a procedência. Isso quer dizer que, para garantir sucesso nesse empreendimento, é importante pensar além do que já é oferecido pelos concorrentes. 

É importante então compreender as necessidades básicas do seu consumidor mas também aquelas que podem ser ainda identificadas. Vale a pena ouvir o cliente durante o momento do atendimento. 

Também procure por outras técnicas para buscar essas informações. Por exemplo, formulários online ou pesquisas via redes sociais. Adotando essas medidas, o açougue passa ser um local onde o cliente sempre terá desejo e prazer em visitar.

3. Saber como gerenciar um açougue é também agilizar o atendimento

O açougue pode ter uma ótima seleção de carnes. No entanto, se a fila for muito grande o cliente possivelmente vai desistir de comprar. Assim, é fundamental que o açougue crie estratégias que otimizem o atendimento. 

Hoje em dia, é possível contar com tecnologias que ajudam nesse tipo de procedimento. Por exemplo, investir em monitores que demonstram em suas telas quais são os preços e ofertas do dia de maneira visível e atualizada. Assim o cliente não perde tempo fazendo perguntas aos atendentes, que por sua vez já podem estar ocupados com outros consumidores. 

Também no caixa, é importante ter a listagem organizada e atualizada dos preços. Assim, quando for realizar a pesagem e separação do preço da carne, tudo vai ser processado no sistema de forma rápida. 

Também vale realizar a distribuição de senhas, eliminando aquela tradicional fila. As senhas podem ser distribuídas por meio de dispositivos eletrônicos e separadas de acordo com os mais diversos setores presentes no açougue. 

Além disso, é essencial que o açougue abra-se para as possibilidades das redes sociais. Já imaginou por exemplo, enviar uma lista de ofertas da semana para os clientes que cadastraram WhatsApp na empresa? Isso pode agregar muito valor aos consumidores. Afinal, eles têm maior comodidade de receber as ofertas dentro de casa e somente ir ao açougue para buscar aquilo que eles interessam.

4. Realize o aperfeiçoamento do espaço físico

Um dos erros de gestão do açougue é ter um espaço físico extremamente desorganizado. Isso quer dizer, por exemplo, ter os equipamentos mal distribuídos durante a linha de separação e corte de carnes. 

Também vale para a organização a iluminação. Ela deve ajudar a trazer uma boa apresentação das carnes. Dessa maneira, os clientes percebem que o açougue tem uma ambiente mais profissional e amistoso. Com isso, eles terão mais interesse em comprar.

5. Adote um software de gestão

Realizar a administração do açougue não é uma tarefa fácil. É preciso observar como anda o atendimento, fluxo de caixa, o estoque e também a parte de contabilidade. Essas funções podem demandar uma grande equipe se forem realizadas de maneira individualizada. 

Mas podem ser feitas de maneira prática e assertiva ao adotar um software de gestão. Esse tipo de tecnologia consegue reunir, em um único lugar, todas as informações referentes à gestão das vendas, do estoque e de outros setores do açougue. 

Ele apresenta inúmeras vantagens. Por exemplo, ao funcionar 100% online, não é necessário realizar o download do programa no computador. Ele pode ser acessado a qualquer tempo. 

Também esse software ajuda no detalhamento do controle financeiro, otimizando o fluxo de caixa e emitindo relatórios detalhados. Tudo isso para garantir agilidade e exatidão na análise dos dados. 

Essas foram algumas das informações de como gerenciar um açougue. É importante frisar que nem sempre adotar o uso de tecnologias no empreendimento pode garantir o resultado esperado. Isso porque é importante contratar serviços ou equipamentos de tecnologia de empresas que, de fato, oferecem soluções de qualidade. 

Quer conhecer soluções para aumentar os lucros do seu açougue? Entre em contato com a Alterdata.

300 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Varejo

Entenda como aumentar o ticket médio de vendas de uma papelaria

4 Mins de leitura
Descubra aqui quais são as melhores estratégias para aumentar o ticket médio de vendas do seu negócio.
Varejo

Conheça os benefícios do software para atacadista da Alterdata

4 Mins de leitura
Acompanhamento de vendas em tempo real e estoque equilibrada são algumas das características do software para atacadista da Alterdata.
AtacadoVarejo

Vale a pena adquirir um programa para atacado e varejo?

4 Mins de leitura
Programa para atacado e varejo: saiba mais sobre essa solução e se ela realmente deve ser implantada no seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.