Sistemas para franquias: saiba acompanhar o desempenho de cada loja

Paulo é proprietário de uma rede de lojas especializadas em calçados que, apesar de ter números globais interessantes, sofre muito com o desequilíbrio logístico de seu armazenamento, com certas unidades cheias de um determinado produto enquanto outras estão em apuros pelo rompimento de estoque. Por não recorrer a um sistema para franquias, a marca perde vendas e irrita clientes, maculando sua imagem no mercado.

Situação parecida é vista na empresa de Roberto, que atua no ramo de brinquedos e tem 20 filiais espalhadas pelo Brasil. Por também não dispor de um sistema para franquias, ele tem dificuldades de entender quais são os produtos mais vendidos por localidade e quais são as franquias mais rentáveis do grupo. Aliás, o marketing dessa varejista queria elaborar um plano de comunicação segmentado, mas não consegue pela falta de dados de cada área. A diretoria pensou em dar prêmios aos melhores vendedores da rede, mas a falta de estatísticas se mostra como obstáculo à iniciativa.

Você por acaso se identificou com essas situações? Então saiba desde já: problemas como esses surgem quando não se tem um ERP para franquias. Quer entender como esse investimento pode mudar a história da sua organização? Então fique de olho!

A pura reprodução da marca não garante sucesso

A oferta de treinamento e suporte, além da própria marca da empresa aos parceiros não necessariamente garantirá a replicação do êxito do seu negócio. E uma das adversidades mais comumente presentes nesse universo diz respeito à comunicação entre franqueador e franqueado.

É preciso entender que a gestão de um negócio envolve inúmeros desafios. Sob o ponto de vista do franqueador, quando o business já foi testado e aprovado pelo público, lançar franquias pode ser uma estratégia interessante de expansão geográfica. Ao mesmo tempo, porém, os desafios serão maximizados, especialmente porque novas unidades serão geridas por terceiros.

Com cada franqueado trazendo consigo um grau de experiência diferente e questões particulares de cada região, é normal que as diferenças entre os resultados de cada unidade sejam significativas. Nesse contexto, como a diretoria pode manter o negócio nas mãos, evitando que se torne um estranho incontrolável? Pois a resposta passa diretamente pelo uso de recursos tecnológicos, sobretudo dos sistemas para franquias.

Aliás, o mesmo pode ser dito do amadurecimento do intercâmbio de dados entre matriz e filiais. Seja em um modelo ou no outro, é imprescindível homogeneizar processos e informações por meio de um software de gestão integrada, que seja capaz de trazer relatórios minuciosos sobre o desempenho de cada unidade de negócio, os produtos mais comercializados em cada localidade e até dados financeiros.

Os maiores benefícios dos sistemas para franquias

Um sistema de gestão unificada para franquias e filiais assegura o lastro na comunicação entre as lojas, harmoniza a produtividade e alinha procedimentos, garantindo assim o crescimento da empresa de forma sustentável e equilibrada. Afinal, fica difícil pensar em ter domínio de mercado com unidades quebrando recorde de vendas enquanto outras quebram recorde de reclamações, não é mesmo?

Para entender melhor, confira a partir de agora algumas das principais vantagens que um software de gestão pode trazer!

Estratégias de vendas

Como seu time de marketing vai criar campanhas segmentadas se não consegue ter certeza das diferentes performances de cada loja? Como a empresa vai estabelecer metas e instituir planos de carreira ou recompensas sem entender como cada unidade se comporta ao longo do tempo?

Na prática, muitos gestores administram redes que são verdadeiras Torres de Babel corporativas, sem saber que o investimento em sistemas para franquias poderia redesenhar completamente a dinâmica do negócio.

Imagine passar da coleta mensal de dados por e-mail para um cenário de corrida de vendas eletrônica, em que é possível analisar o desempenho dos vendedores por múltiplos ângulos e de forma imediata — quantidade de peças mais vendidas, preço médio, volume de atendimentos, metas atingidas e assim por diante. Nada mal, não acha?

Garantia de integração

Na era dos negócios digitais, todos têm acesso a dados. Nesse cenário, o que diferencia as empresas bem-sucedidas das estagnadas é a capacidade de integrar todo esse oceano de números, transformando meros rastros em informações estratégicas para o negócio. Mas como você espera alcançar esse estágio se cada filial da companhia trabalha com um sistema diferente?

Já existem no mercado soluções completas em gestão de franquias, com tecnologia de ponta que possibilita gerenciar todas as lojas de uma rede a partir de um só local, em tempo real e a qualquer hora do dia. Com isso, um diretor consegue saber como andam as vendas totais de determinado dia enquanto espera um voo no aeroporto, com apenas alguns cliques em seu smartphone.

Organização financeira

Sistemas para franquias permitem que gerentes e CEOs visualizem os mesmos dados financeiros, sendo que tudo é permanentemente atualizado e unificado. Com isso, é possível ter acesso aos resultados financeiros do negócio de maneira detalhada, apurando com rapidez o andamento das metas previamente estabelecidas para os períodos determinados.

Por incrível que pareça, em plena era em que organizações incorporam a inteligência artificial e a computação cognitiva, ainda existem lojas com filiais que escrituram seus resultados contábeis por meio de planilhas do Excel ou softwares legados, sem conexão uns com os outros. Não dá mais, concorda?

Com um ERP para franquias, a loja ganha agilidade, fazendo análises individuais ou globais em poucos minutos, além de reduzir erros e aprimorar rotinas. Trata-se de uma ferramenta poderosa para a ampliação da consciência do negócio, o que facilita o planejamento estratégico, as ações comerciais e até a gestão do capital humano.

Controle de estoque

Como você provavelmente sabe, estoque é dinheiro parado. E isso não é nada interessante para qualquer empresa, certo? O ideal seria que tudo fosse fornecido no melhor estilo Just in time do sistema de produção japonês pós-guerra. No entanto, como isso pode não ser possível, é preciso que seu gerenciamento de estoques seja preciso, o que exige auxílio dos sistemas de informação.

Soluções como sistemas para franquias se baseiam em algoritmos e cruzamento de dados para mapear os níveis de venda de todas as lojas, catalogando parâmetros por unidade e identificando a distribuição ideal dos insumos em cada loja. Em caso de flutuações sazonais de demanda, a própria transferência de mercadorias entre as lojas é facilitada pelo alto controle desse tipo de software. Estamos falando, portanto, de um aliado imprescindível para quem tem mais de uma loja e precisa sincronizar a gestão.

Segurança da informação

Depois do capital humano, os ativos mais preciosos que uma companhia pode ter são suas informações. Então pense: como você guarda esse tesouro em sua empresa? Atualmente, você os espalha por diversos sistemas de baixa confiabilidade, que nem conversam entre si?

Definitivamente, vale a pena trocar os riscos de fraudes, alterações e acessos indevidos por um ERP para franquias. Essas soluções modernas são hospedadas em nuvem privada. O que significa alocar suas informações por trás de uma complexa hierarquia de permissões, as quais asseguram que somente colaboradores autorizados tenham contato.

Backups automáticos, autenticação de 2 fatores, rastreamento total de acesso: tudo isso se soma à mobilidade típica das soluções em cloud computing, permitindo que a empresa esteja em qualquer lugar e a qualquer hora, dispensando inclusive investimento em máquinas.

Quer levar tudo isso para sua companhia? Então entre em contato conosco e descubra como sistemas para franquias podem dar novo impulso a seu negócio!

Related Posts

5 dicas de ouro para uma boa gestão de restaurantes

Como fazer a transmissão do eSocial para Matriz e...

Descubra como incluir o e-CAC na rotina contábil

Deixe uma resposta