5 dicas imperdíveis para organização do estoque na empresa

A organização do estoque é fundamental para que se consiga melhorar as rotinas e aumentar o controle do fluxo de materiais. Com algumas ações, é possível fazer com que a área seja otimizada, aprimorando seus resultados — que refletem em outras áreas, como Financeira e Vendas, por exemplo.

No post de hoje vamos falar sobre as vantagens de manter o estoque organizado e oferecer algumas dicas de como isso pode ser feito. Continue com a leitura e saiba mais!

Quais são as vantagens de manter a organização do estoque?

A organização do estoque proporciona benefícios tanto para essa área quanto para a empresa como um todo. Veja alguns deles:

  • Melhoria no investimento do capital de giro: alcançada por meio da aquisição acertada dos produtos, adquirindo os que possuem mais saída e evitando itens encalhados no estoque;
  • Redução de desperdícios: com a organização e o controle de estoque, aliada às aquisições eficientes, perde-se menos em produtos que não são vendidos;
  • Aumento da produtividade: com a organização dos estoques, cada item tem uma locação específica no armazém, o que facilita sua localização;
  • Melhorias nos resultados de outras áreas: o setor de Compras passa a ter mais informações para fazer aquisições mais acertadas, o setor de Vendas consegue aumentar o índice de atendimento de pedidos e o setor Financeiro passa a aproveitar melhor o capital de giro e perceber a redução de custos;
  • Redução de custos: alcançada por meio da redução de desperdícios, aumento da produtividade, agilidade na tomada de decisões, entre outras coisas.

Como manter o estoque organizado?

1. Faça um controle rigoroso sobre todas as movimentações

Para garantir a organização do estoque, é crucial manter o controle sobre o fluxo de produtos. Em muitos casos, preocupa-se mais com o registro de entradas e saídas — que são as operações principais —, mas também é necessário padronizar uma rotina que envolva as trocas e devoluções, visto que, se feitas de maneira ineficaz, podem provocar “furos” e prejudicar a visualização da quantidade real disponível em estoque.

2. Padronize o cadastro dos itens

O correto é cadastrar apenas uma descrição de um código para cada tipo de item existente. Por exemplo: se existe a venda de uma de caneta separadamente e um kit com 3, deve-se criar códigos e descrições diferentes, visto que se tratam de unidades de vendas diferentes.

Além disso, essa organização ajuda a tornar o inventário de materiais mais eficaz.

3. Crie boas parcerias com fornecedores

O tipo de relacionamento que se cria com os fornecedores também ajuda a influenciar na organização do estoque. Eles podem ajudar na análise do histórico de vendas para basear as decisões de compras futuras, adiantar ou segurar entregas quando há algum problema interno, entre outras coisas.

4. Faça inventários periodicamente

A realização de inventários anuais é importante para colocar em dia as informações referentes ao estoque disponível x estoque contábil — o que é informado nos controles. Porém, quando eles são realizados de maneira periódica, ajudam a identificar melhor as falhas, desperdícios e suas causas, e a elaborar ações que são mais eficazes, já que foram descobertos com maior agilidade.

5. Invista em tecnologia

A utilização de um sistema de gestão automatiza muitas rotinas. Isso faz com que sejam executadas com mais agilidade, menor índice de erros, mais produtividade, segurança e confiabilidade das informações. Além disso, algumas soluções ainda permitem a geração de relatórios, que ajudam a visualizar os resultados e a identificar a melhor estratégia a ser adotada.

No post de hoje você viu alguns métodos de organização de estoque que ajudam a potencializar os resultados e proporcionar benefícios que já podem ser percebidos em curto prazo. Contudo, essas não são as únicas opções que podem ser adotadas para otimizar as rotinas da área — cada gestor pode avaliar as melhorias que se aplicam ao seu modelo de negócios e analisar sua viabilidade e os retornos proporcionados por elas.

O que achou desse artigo? Aproveite para conferir também nosso artigo Saiba a importância de cumprir prazos para o mercado!

Related Posts

Conheça os principais níveis de gestão e descubra em...

#FeitadeGente – Dennys e Dora

Contrato de aluguel: saiba como otimizar a gestão da...

Deixe uma resposta