Carreira de contador: o que esperar da profissão nos próximos 5 anos?

Uma pesquisa realizada pela Association of Chartered Certified Accountants (ACCA) intitulada Drivers of change and future skills levantou 3 grandes mudanças que afetarão a carreira do contador até 2025: a tecnologia, a globalização e as novas regulamentações.

Tantos outros relatórios mostram justamente o mesmo: que o setor contábil passará por grandes evoluções nos próximos anos, especialmente por ser uma área de interesse do Estado e por sofrer um grande impacto causado pelos avanços da TI.

Preparamos este post para apresentar uma perspectiva para os próximos 5 anos da área contábil e mostrar como os contadores podem se preparar para os desafios que surgirão. Confira!

Acompanhando o caminhar rumo ao futuro

Aprendizado de máquina

Um estudo realizado pela Atherton Research e divulgado pela Forbes apontou para a inteligência artificial como o futuro da contabilidade. Na verdade, essa tendência movimenta todos os setores da economia que geram e analisam dados, como as áreas de saúde, gestão, mobilidade e comunicações, além das finanças.

Nesse avanço tecnológico, a contabilidade é o campo que está na linha de frente. Pelo menos esse foi o resultado de um relatório publicado pela Universidade de Oxford. De todas as profissões analisadas, a carreira de contador foi a atividade com maior suscetibilidade à automação, com quase 98% de chances.

E não é difícil enxergar esse futuro! Afinal, já existem no mercado diversas tecnologias que automatizam tarefas mais simples e repetitivas. ERPs de gerenciamento contábil, por exemplo, permitem que os funcionários se concentrem em ações mais estratégicas e desafiadoras, deixando que os processos mecânicos sejam feitos pela máquina.

Como os estudos indicam, a tendência é que cada vez mais processos sejam automatizados ao longo dos próximos anos, exigindo que os profissionais assumam um papel de maior inteligência estratégica dentro das organizações.

Dessa forma, sistemas cada vez mais sofisticados darão suporte à crescente tendência de terceirização do setor. Além do mais, a adoção de mídias sociais para a ampliação do trabalho colaborativo aumentará, assim como a coleta de dados na aplicação de ferramentas de Big Data.

Mudanças na legislação

Leis trabalhistas, comerciais, tributárias e financeiras afetam diretamente o controle de custos e as despesas das empresas. Em virtude dos crescentes problemas de sonegação, lavagem de dinheiro, entre outras questões relacionadas ao compliance corporativo, a tendência é que as regras e regulamentações no setor se enrijeçam.

É de se esperar que tais avanços legais também incentivem as soluções tecnológicas para garantir a agilidade, a integridade e o controle dos dados enviados aos órgãos competentes, exigindo uma capacitação maior na carreira do contador.

Globalização da contabilidade

A relação entre globalização e contabilidade está cada vez mais estreita. E pode acreditar: esse fenômeno trará ainda mais oportunidades e desafios ao profissional contábil de agora em diante.

Por um lado, a globalização fomenta a relação comercial entre diversos mercados. Por outro, o aumento da terceirização e da transferência de atividades técnicas e profissionais para outros países levanta novos problemas relativos a diferenças culturais, financeiras e tributárias.

Um exemplo disso é o que empresas contábeis americanas, europeias e australianas têm feito. Algumas terceirizam serviços contábeis para a China e a Índia, a fim de reduzir custos. É algo parecido com o offshore outsourcing de TI, em que companhias instalam infraestruturas tecnológicas em países em desenvolvimento, onde o suporte é mais barato.

Uma vez que isso acaba gerando problemas em termos de tecnologia, não é difícil entender o desafio posto diante dos profissionais contábeis.

Papel estratégico e consultivo

Com a tecnologia passando a tomar conta de atividades mais técnicas, como o cálculo, a coleta e a análise de dados, a carreira do contador vai precisar tomar um rumo mais estratégico nas empresas.

Nesse cenário, tarefas que demandam uma análise crítica mais apurada ainda exigirão intervenção humana, mas com os profissionais usando a tecnologia como ferramenta para otimizar o resultado de suas decisões. Isso porque algumas das ações inerentes às atividades do contador exigem juízo de valor, um pensamento que leva em consideração questões sociais, culturais e governamentais distantes do que uma inteligência artificial é capaz de fazer.

Aqueles que insistem em pensar que a tecnologia impactará negativamente a carreira do contador assumem uma visão simplista de que o papel desse profissional é só fazer cálculos. E você certamente sabe que não é bem por aí!

Mas como é possível se preparar para esse futuro? Acompanhe as dicas que preparamos para você não ficar para trás!

Formalizando um plano de carreira

O plano de carreira é uma forma de gerenciar o desenvolvimento individual do profissional, seja em uma visão corporativa, seja em uma abordagem autônoma. E esse planejamento deve, claro, levar em conta as perspectivas do setor para os próximos anos. Sem dúvida, o profissional contábil precisa se preparar para se tornar um aliado da inovação. Saiba como!

Entenda o valor da automação

Ao lançar mão da tecnologia, o contador consegue otimizar seu tempo e concentrar suas energias nas necessidades dos seus clientes. Processos relacionados à Escrituração Fiscal, por exemplo, podem ser automatizados, o que reduz o tempo de execução e as chances de erros no lançamento de valores.

Na prática, isso já é amplamente praticado em escritórios mais modernos, com a adoção de sistemas contábeis especializados que se integram aos softwares de gestão dos clientes. É esse mesmo o caminho! Desde já, os profissionais precisam se familiarizar com essas tecnologias, uma vez que elas tendem a se intensificar em um futuro muito próximo.

Veja se é necessário nichar seu trabalho

Dependendo do estágio em que você se encontra em sua jornada profissional, pode ser interessante apostar em novos rumos ou se especializar em um nicho específico. A boa notícia é que não faltam opções, já que o setor contábil abre um bom leque de possibilidades para o profissional investir na carreira de contador.

Ao segmentar sua atuação, o escritório de contabilidade pode ganhar maior vantagem competitiva em virtude do conhecimento e da capacidade técnica que reúne, já que cada setor tem suas especificidades. Assim, você consegue se destacar entre os demais.

Corra atrás de capacitação

É fundamental buscar cursos de atualização para atender às necessidades do público e do mercado. Pense bem: se as ferramentas evoluem, o profissional contábil também precisa estar a par de como gerenciar essas inovações, não concorda? Algumas dessas novas qualificações podem incluir:

Como já dizia um antigo provérbio chinês, a melhor época para plantar uma árvore é 20 anos atrás. Por isso, se deseja estar apto para enfrentar o futuro da carreira de contador, é preciso se preparar desde já. Levante logo suas velas para seguir na direção dos ventos do mercado!

Por fim, que tal fomentar ainda mais essa evolução e compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais?

Related Posts

Inteligência de dados no departamento pessoal: quais...

Previsão orçamentária: qual a sua importância e o...

Alterada resolução que dispõe sobre os prazos para...

Deixe uma resposta