NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Varejo

O guia para gerenciar o fluxo de caixa do seu pet shop

5 Mins de leitura

O fluxo de caixa pode ser entendido como uma ferramenta muito útil aplicada à gestão financeira do seu negócio. Desde a abertura do negócio até nas operações do dia a dia, ela tem como objetivo acompanhar e registrar os ganhos e despesas de uma determinada empresa. Afinal, as tomadas de decisões e as respectivas análises de condições do negócio são facilitadas quando o ele é feito de forma correta.

Infelizmente, muitos empreendedores têm visto os seus negócios declinarem porque ainda têm o fluxo de caixa como um ponto fraco. Por conta disso, entender este conceito é extremamente importante para garantir a saúde financeira do seu pet shop. Preparamos este artigo para lhe mostrar a importância do fluxo de caixa para otimizar o seu negócio. Vamos lá?

Quais são os benefícios do fluxo de caixa para o meu pet shop?

Considerando que o mercado de pet shop está em crescimento, para que você veja a sua marca decolar e se destacar positivamente da concorrência é preciso ter um bom fluxo de caixa. Afinal, ele é uma ferramenta que contribui para que haja a otimização de distintos processos estratégicos no seu negócio.

Essa eficiência nos processos é apenas um dos muitos benefícios do fluxo de caixa. Abaixo, elencamos outros para você perceber que o seu uso só trará benefícios ao seu pet shop. Confira:

Auxiliar na tomada de decisão

É simples entender esse benefício, pois o fluxo de caixa se compromete em entregar ao respectivo gestor um panorama completo sobre todos os gastos e receitas do capital financeiro que circula no seu pet shop.

Isso, inclusive, ainda possibilita entender a sazonalidade nas vendas de certas épocas do ano, promovendo um volume menor ou maior de entradas — contribuindo de uma forma significativa para criar um ótimo planejamento estratégico de vendas, facilitando a definição de metas e tantas outras questões importantes ao negócio.

Adquirir indicadores de sucesso para a empresa

Após a análise minuciosa no caixa do pet shop o gestor tem uma perspectiva sobre o negócio e constata se o desempenho esperado foi atingido ou não.

A fim de colher informações mais aprimoradas, é possível fazer uma comparação entre os fluxos de caixas de anos anteriores, justamente para saber quando a empresa teve menos ou mais despesas e/ou faturamento. Comparativos de receitas, despesas, lucratividade e diversos outros indicadores ficam mais fáceis quando se tem um fluxo de caixa com informações precisas e completas.

Promover o controle de gastos

Por meio do fluxo de caixa, você melhora os gastos do seu pet shop. Afinal de contas, com a análise promovida por essa ferramenta, você identifica desde a má aplicação do dinheiro até os chamados “gargalos” financeiros. Além do mais, com ele é possível detectar fraudes.

Todos esses benefícios proporcionam uma margem para buscar determinados parceiros mais vantajosos. Dessa forma, é possível fechar acordos que promovem uma decolagem mais rápida do seu pet shop e, caso necessário, realizar a renegociação com fornecedores. Sem realizar um excelente fluxo de caixa, essas ações não serão possíveis.

Como se planejar para ter um bom fluxo de caixa?

Você já entendeu que o seu pet shop precisa ficar ciente de toda a movimentação financeira que acontece dentro dele para que haja a garantia de um excelente andamento dos negócios, certo?

Porém, é importante que você se atente a algumas dicas de como se planejar para que o seu fluxo de caixa seja realmente eficiente. Veja:

  • realize um bom planejamento financeiro;
  • procure analisar todos os cenários (a curto, a médio e a longo prazo);
  • esteja atento a todas as burocracias referentes à folha de pagamento;
  • busque ajuda do seu contador; e
  • tenha um processo automatizado.

Acredite, para que o seu pet shop se desenvolva da melhor forma possível e evite o descontrole das contas, realizar um bom fluxo de caixa é a opção mais assertiva. Dessa forma, você garante a saúde do seu negócio sem dores de cabeça no futuro. Incrível, não é?

Como montar uma planilha de fluxo de caixa?

Para montar uma planilha de fluxo de caixa é extremamente importante que você observe as principais variáveis que devem ser elencadas, a saber: saldo inicial, respectivas entradas, saídas e o saldo final.

Afinal de contas, você já percebeu que o fluxo de caixa é uma excelente ferramenta de gestão financeira. Abaixo, você vai entender melhor cada conceito das variáveis acima listadas.

Saldo inicial

O saldo inicial é justamente o resultado daquele fluxo de caixa do período anterior e, consequentemente, o fator mais importante para a construção de um novo cálculo.

Recebimentos, receitas ou entradas

Os recebimentos, receitas ou entrada, como o nome prevê, é tudo aquilo que a empresa recebe, desde vendas realizadas à vista ou a prazo até rendimento de aplicações etc.

Pagamentos, saídas ou despesas

Os pagamentos, as saídas ou as despesas são todos os pagamentos efetuados pelo seu pet shop, como: despesas financeiras e bancárias, salários e encargos, pagamento de fornecedores, energia, aluguel, manutenção de equipamentos etc.

Saldo de caixa final

Entende-se como saldo de caixa final aquele resultado da operação, o qual demonstra quanto a sua empresa tem no caixa (indicando um saldo positivo ou negativo).

Ele é constituído pela soma das receitas com o saldo inicial, diminuindo-se as despesas ou saídas. Caso o balanço seja negativo, é um indicativo que o seu pet shop gastou além do que recebeu e isso é um sinal de alerta.

Sabia que um ERP ajuda a manter o fluxo de caixa em dia?

O Enterprise Resource Planning (ERP) é um excelente programa de computador que tem como principal objetivo organizar todas as informações de uma empresa de forma bastante simples e prática, oferecendo informações atualizadas em tempo real.

Esse software é ideal para digitalizar todas as operações do seu pet shop de forma completa. Esse é um passo rumo à inovação. Como benefícios, podemos destacar os seguintes:

  • praticidade;
  • utilidade;
  • economia;
  • otimização;
  • produtividade;
  • segurança;
  • simplificação;
  • e muitos outros.

Muitos pet shops ainda efetuam a gestão da sua loja através de planilhas no Excel ou mesmo por meio de anotações físicas, como papeladas, agendas e cadernos de notas. Essa forma de controle de receitas e despesas ainda são realizadas de forma manual, sem um acompanhamento de um software que ajude a deixar o fluxo de caixa sempre atualizado e organizado.

Além desse método ser bastante suscetível a erros, já que envolve lançamentos manuais de tais receitas e despesas, corre-se o risco do esquecimento de alguma informação importante. Além disso, com os diversos métodos de recebimento de um cliente como dinheiro, crédito a vista, crédito parcelado, débito, pix, e tantos outros, a tendência é que você perca o controle dos seus indicativos de lucratividade. Em um programa para gestão do seu pet shop, tudo isso também fica automatizado, ajudando não só no fluxo de caixa mas também na visibilidade da saúde do seu negócio.

Diante de tantos benefícios, o ideal é que o fluxo de caixa do seu pet shop seja realizado e automatizado dentro do próprio ERP. Dessa forma, você não precisa se preocupar em criar planilhas manuais ou ficar com medo de errar em alguma descrição. Incrível, não é mesmo?

E aí, gostou de aprender a gerenciar o fluxo de caixa do seu pet shop? Se sim, aproveite para conhecer o software da Alterdata aqui e avaliar todos os benefícios para o seu negócio!

215 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Varejo

O que é essencial na decoração para loja de roupas?

4 Mins de leitura
Decoração para loja de roupas: entenda como fazê-la e de que maneiras criar diferenciais para o seu negócio a partir da organização.
Varejo

Quando mudar de fornecedores para loja de ferragens?

4 Mins de leitura
Fazer avaliações periódicas e monitorar os custos estão entre as dicas para saber quando trocar seus fornecedores para loja de ferragens.
Varejo

Como elevar o faturamento da loja de material de construção

4 Mins de leitura
Saiba mais sobre como aumentar o faturamento da loja de material de construção do jeito certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.