NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Contabilidade

Educar o cliente contábil: 3 vantagens dessa ação e hacks para colocar em prática

4 Mins de leitura

Um dos maiores desafios que os contadores enfrentam é gerar valor aos olhos dos seus clientes. Não raro, as empresas veem esse profissional como um “criador de despesas”. Por isso, é fundamental buscar estratégias para educar o cliente contábil e fazê-lo entender a importância do papel que exerce.

Com base nesse cenário, compilamos esclarecimentos sobre a importância de educar esse cliente e sugerimos estratégias podem ser implementadas com esse objetivo. Não deixe de conferir!

Importância de educar o cliente contábil

O trabalho do contador depende muito das informações passadas pelo cliente. Logo, se ele não compreende como funcionam seus processos e qual a importância da contabilidade, dificilmente terá comprometimento. Veja a seguir como educar o cliente contábil poderá facilitar suas tarefas!

1. Melhora relacionamento com o cliente

Quando o cliente não entende o que efetivamente o contador faz, ele pode encarar o trabalho contábil de forma negativa e considerar sua contratação como uma mera despesa. Com isso, costuma realizar a entrega de obrigações contábeis de maneira negligente, criando um clima desfavorável.

Em outras situações, por falta de conhecimento, o cliente pode cometer algum erro e acabar culpando você. Fique atento: um cliente insatisfeito é capaz de gerar um estrago muito grande, visto que pode colocar sua reputação em jogo.

Por outro lado, se ele compreende e valoriza o seu trabalho, é mais provável que vocês mantenham uma contribuição recíproca. Reconhecer seu papel para a saúde financeira, legal e contábil da empresa é um dos primeiros passos para estabelecer uma relação produtiva e duradoura.

2. Otimiza o tempo

Documentos perdidos ou não gerados e procedimentos malfeitos são apenas alguns dos problemas que causam retrabalho, atraso e perda de tempo. Mas quando o cliente sabe exatamente o que fazer, e o porquê disso, tudo ocorre dentro dos prazos previstos, sem grandes contratempos. E isso só será possível se você educar seu cliente.

3. Aumenta taxa de retenção

Se o cliente não entende a importância da sua parceria e reclama de algumas exigências, ele vai procurar outro contador. Lembre-se de que em um mercado em que o nível de competência é alto, a diferença competitiva estará nos preços — e já é possível encontrar profissionais cobrando valores irrisórios por serviços contábeis.

Mas quando você consegue educar o cliente, ele passa a reconhecer o que representa um serviço prestado com qualidade. Além disso, não será iludido por promessas de bons serviços de contabilidade a baixo custo.

Como educar o cliente contábil

Agora que você entendeu alguns dos benefícios obtidos ao se educar o cliente contábil, mas vamos logo à prática. Saiba que estratégias você adotar para ser bem-sucedido nesse processo!

Mostre a importância da organização ao longo do mês

Ser organizado é uma virtude que facilita tanto a rotina das tarefas contábeis como a própria gestão financeira da empresa. Por exemplo, você pode ensinar seu cliente a reservar e documentar todos os registros que precisam ser enviados à contabilidade. Isso inclui dados de compras e vendas, movimentações bancárias, notas fiscais etc.

Essa organização contempla, ainda, a necessidade de não alterar ou omitir os dados gerados. Essas ações podem acarretar graves problemas com a Receita Federal e outros órgãos fiscalizadores.

Banner eContador AlterdataPowered by Rock Convert

Invista em marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo consiste em uma estratégia de publicação de materiais educativos por meio de um blog ou site. Podem ser produzidos artigos, vídeos, infográficos, tutoriais, entre outros.

Além de educar o cliente contábil, é possível atrair um novo público ao seu escritório e fortalecer sua marca na web, tornando-se uma referência no ramo. Para isso, é fundamental elaborar conteúdos relevantes e que realmente tenham valor para o público.

Deixe claro qual o trabalho do contador

Muitas vezes, os clientes podem achar que as responsabilidades do contador se resumem a recolher documentos e emitir boletos para pagamentos. Por isso, cabe a você mostrar como suas atividades são indispensáveis para manter um negócio em conformidade com as leis.

Nesse sentido, pode ser útil entregar uma lista do mix de serviços abrangendo facilidades como:

  • auxiliar no enquadramento tributário para o pagamento de menos impostos, sem ferir a legislação;
  • oferecer apoio em processos não relacionados ao financeiro;
  • dar suporte a planos e ações financeiras para adequá-los à legislação;
  • ajudar a organizar um sistema de monitoramento e controle nos processos financeiros;
  • emitir relatório que demonstrem a situação econômica e patrimonial do negócio;
  • registrar eventos financeiros e contábeis da empresa.

Explique que há muitas exigências que todo profissional de contabilidade precisa cumprir. Por isso, contar seu apoio representará maior segurança para o cliente, sendo um dos principais elementos para garantir o compliance da organização.

Crie um FAQ — Frequently Asked Questions

Um FAQ reúne perguntas e respostas breves sobre as questões mais importantes e recorrentes dos clientes. Portanto, é um método direto e simples de educar o cliente contábil — e mesmo o público mais leigo no assunto conseguirá entender.

Isso evita que o cliente cometa erros banais e consiga resolver alguns procedimentos, mesmo quando não for possível ou não quiser entrar em contato com o escritório.

Algumas das principais questões abordadas podem ser:

Com o tempo, na medida em que o cliente faz as devidas consultas ao FAQ, ele acaba se acostumando a realizar alguns procedimentos e passa a realizá-los de maneira mais ágil.

Use a tecnologia

O módulo fiscal e contábil de sistemas de gestão é uma ótima ferramenta para facilitar os processos dos dois lados da parceria, considerando que garante maior segurança e confiabilidade na hora de transmitir os dados.

Esses softwares têm funções que até mesmo automatizam o envio de informações para a Sefaz (Secretaria de Fazenda). No mais, módulos com funções de agenda podem emitir alertas para evitar que o cliente perca prazos e deixe de gerar e enviar registros.

Quando você implementa estratégias para educar o cliente contábil, seu trabalho será mais valorizado, você fortalecerá sua marca e evitará falhas que podem travar os processos de gestão.

Gostou do nosso conteúdo? Então confira uma abordagem completa sobre como melhorar seus resultados baixando gratuitamente nosso guia para aprender a aumentar a produtividade no escritório contábil!

Powered by Rock Convert
147 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical Contábil da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Contabilidade

O que é regime de competência? Entenda a sua importância na contabilidade

4 Mins de leitura
00Para obter melhores resultados com o controle contábil que uma empresa adotar, antes, é necessário entender a diferença entre regime de caixa…
Contabilidade

Trabalhe a automação de processos no seu escritório de contabilidade

12 Mins de leitura
00A automação de processos já é uma realidade em muitas áreas, e a contabilidade não fica fora dessa tendência, que se traduz…
Contabilidade

Diferenças entre o regime de caixa e regime de competência

4 Mins de leitura
Veja como funciona o regime de caixa e o regime de competência e entenda as diferenças entre eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.