Varejo

Como comprar certo para nunca faltar estoque na loja

4 Mins de leitura

A boa organização do estoque na loja é ponto essencial na busca por uma gestão eficiente. Isso pode ajudar, entre outros benefícios, a evitar excesso de produtos e até a falta deles.

O problema de lidar com uma reposição incorreta começa com a perda de produtividade. Isso passa também pelo atendimento ineficaz e afeta a gestão geral do negócio.

Portanto, uma maior atenção ao estoque permite que a empresa faça o que a maioria dos seus concorrentes não costuma fazer: é investir em um setor do empreendimento que não fica visível ao cliente. Logo, essa é uma forma de ir além no mercado em que atua.

É por isso que vale a pena conferir dicas práticas a respeito de como fazer as compras corretamente. Saiba como evitar que o estoque na loja deixe de atender suas necessidades.

Tenha fornecedores confiáveis

A relação de parceria da sua empresa com fornecedores é um elemento-chave nesse processo. São eles que entregam a você a qualidade necessária para os produtos e dentro do prazo.

Para definir quem vai abastecer esse estoque na loja, considere primeiro fazer uma pesquisa. Ela pode ser feitar preliminarmente na internet. Assim é possível conhecer, ainda que de maneira superficial, as bases que sustentam esse possível fornecedor.

Em seguida, é possível entrar em contato e nesse momento ir mais a fundo, conhecendo os diferenciais para só então pedir orçamentos e negociar preços e prazos.

O ideal é que esse trabalho seja constante, ou seja, que você tenha sempre mais de uma opção até para negociar valores melhores com seus parceiros atuais.

É nessa lógica que a sua empresa pode firmar parcerias de longo prazo capazes de alavancar seus resultados a partir de uma gestão de estoque mais eficiente.

Programe as compras

estoque na loja

Uma forma de sofisticar o seu controle de estoque na loja é criando estimativa para as reposições. Um primeiro passo para conseguir isso é trabalhando com o chamado lote de reposição, que é um valor exato para que as compras sejam feitas.

É a partir dele que a sua empresa pode elaborar um calendário onde estejam definidas as datas para compra de cada item.

Nesse sentido, é possível contar também com sistemas específicos. Em alguns casos, eles funcionam automaticamente, permitindo, entre outras soluções, o envio de alertas para a hora certa de se fazer a reposição de determinado produto.

O ideal é que exista um estudo em função de elementos como:

  • a realidade de cada produto;
  • a previsão de crescimento da loja;
  • as demandas sazonais de vendas;
  • o histórico de resultados;
  • entre outros.

Mapeie seu fluxo de estoque na loja

É importante ter a consciência a respeito das características dos produtos que a empresa vende. Assim, questões a respeito de quais são os itens com maior saída, por exemplo, são essenciais. Da mesma forma, conhecer os que têm menor saída e a frequência de reposição por item faz toda a diferença.

Nesse sentido, o importante é olhar para o histórico de vendas. Também em relação a isso, sistemas mais avançados são de grande utilidade. Com eles esse mapeamento de fluxo pode ser feito de maneira simplificada, de forma que o gestor responsável tenha como observar as características dos produtos e tomar decisões para agir com maior possibilidade de acerto.

Fique atento à sazonalidade

Uma ação estratégica em relação ao estoque na loja só pode acontecer quando a empresa consegue agir no tempo certo diante das circunstâncias. E isso tem a ver com a sazonalidade.

Uma empresa que vende roupas, por exemplo, precisa ter atenção às estações do ano para definir em que tipo de produto vai investir mais momentaneamente. Pelo menos, essa é a recomendação. Do contrário, ela pode perder oportunidades ou se dedicar a produtos com menores chances de vender.

Em relação a isso também é preciso considerar eventuais atrasos dos fornecedores. Eles podem acontecer, até porque empresas também erram.

É por motivos como esses que a empresa deve se antecipar e trabalhar com previsão de estoque sazonal.

Considere a montagem do seu estoque

De maneira geral, podemos dizer que existem duas possibilidades para a montagem do seu estoque na loja. A de proteção e a de antecipação.

A diferença entre elas é que a de proteção visa a montagem de acordo com os produtos que não podem faltar. Assim, você protege a empresa do desabastecimento, sendo essa a prioridade na compra de produtos. 

Já a estratégia de antecipação busca visualizar um aumento nas vendas. Aqui, a ideia é priorizar o preparo para grandes picos de vendas pontuais. É o que acontece normalmente em eventos como a Black Friday e o dia dos namorados.

Trabalhe com conferência de itens

Como ressaltado, erros podem acontecer. E isso diz respeito também à sua equipe. Por isso é tão importante criar um meio de conferir se as informações que são enviadas para o seu software de fato batem como que existe nas prateleiras.

Um inventário periódico é o suficiente para que você tenha como amenizar falhas mais graves e corrigir aquilo que pode ter sido ignorado no dia a dia dos colaboradores.

Além disso, esse tipo de prática tem uma especial relevância no controle do estoque na loja: ela ajuda a inibir fraudes. Ao saber que toda sua ação será revista mais adiante, a tendência é que o profissional tenha maior atenção não só para evitar erros, mas também para respeitar as regras da empresa.

Conte com uma solução avançada para controlar o estoque

O trabalho com a informação é um grande diferencial de projetos vencedores. Ele permite que gestores tomem decisões com critérios e menores dificuldades.

Assim, é preciso saber a respeito de elementos como a quantidade e o custo de cada ativo no estoque. E isso pode ser feito quando se tem a ferramenta certa para esse trabalho. Um sistema de gestão, além de controlar com precisão as entradas e saídas, também é capaz de oferecer segurança de dados

Logo, toda a questão da inteligência da informação para a sua empresa pode ser sofisticada. E isso pode ser o que ela precisa para se posicionar de maneira única no mercado em que atua. Por isso, procure investir em sistemas avançados de acordo com o perfil da sua organização.

Entendeu agora como lidar melhor com o estoque na loja? Então não perca tempo e confira outros conteúdos no nosso blog.

386 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Varejo

TEF vs. Máquina de Cartão: qual a melhor para o seu negócio?

3 Mins de leitura
A escolha da solução de pagamento ideal para o seu negócio pode ser um desafio. Duas opções populares são o TEF (Transferência…
Varejo

Mês das mães: varejo espera movimentar R$ 15 bilhões em vendas

2 Mins de leitura
O Dia das Mães, melhor época de consumo do ano, promete aquecer significativamente os setores de comércio e serviços, movimentando aproximadamente R$…
Varejo

Giro pelo Mundo: NRF 2024 com a Alterdata Software na Times Square

1 Mins de leitura
Na sexta-feira, dia 12 de janeiro, nosso CEO e COfundador Ladmir Carvalho partiu rumo a sua jornada junto ao Banco Itaú para…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *