4 dicas para medir a satisfação dos seus colaboradores

Pessoas satisfeitas, pessoal e profissionalmente, são mais produtivas e engajadas. Quem está feliz com a vida profissional chega no horário, cumpre com suas obrigações, está disposta a enfrentar novos desafios e contribuir para os resultados da organização. Mas como saber se a motivação de colaboradores está nesse nível?

Uma das melhores formas de descobrir isso é realizando pesquisas. E uma grande empresa de recursos humanos já fez isso em diversos países, identificando que no Brasil, 75% dos profissionais estão contentes com o trabalho que desempenham.

Quer saber se esse resultado se reflete na sua empresa? Eis algumas formas de saber a quantas anda a satisfação de colaboradores:

1. Faça uma pesquisa de clima organizacional

A pesquisa de clima organizacional é um importante instrumento para medir a satisfação de colaboradores. Nela, você faz uma série de perguntas qualitativas e quantitativas para mensurar a percepção das pessoas em relação ao ambiente de trabalho.

Desde a satisfação com salários e benefícios, até o relacionamento com lideranças pode ser perguntado em uma pesquisa de clima organizacional. Para que as pessoas fiquem à vontade para responder, é preciso que ela seja anônima.

O intuito deve ser o de coletar informações para melhorar o ambiente de trabalho e favorecer a retenção de talentos, nunca para identificar pessoas descontentes e penalizá-las por isso. Receber críticas neste processo é natural, saiba analisar cada opinião de forma neutra e aplicar o conhecimento obtido para implementar mudanças positivas.

2. Meça o índice de felicidade no trabalho (IFT)

Inspirado no FIB (Índice de Felicidade Interna Bruta), idealizado pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), esse indicador pode revelar o nível de felicidade interna da sua empresa.

Sabemos que a felicidade é de suma importância para o bem-estar de todos, especialmente no trabalho, onde passamos 2/3 do dia. Então, você pode fazer uma pergunta simples a todos colaboradores: numa escala de 0 a 10, quão feliz você se sente ao trabalhar nesta empresa?

Some as respostas e divida pelo número total de colaboradores. Assim você terá seu Índice de Felicidade no Trabalho.

3. Aplique o Happiness Canvas

O Happiness Canvas foi inspirado no Business Model Canvas e tornou-se também um importante instrumento para medir a satisfação de colaboradores, pois identifica o que deixa as pessoas felizes ou tristes no ambiente laboral.

A dinâmica da ferramenta consiste em, primeiramente, identificar como as pessoas se sentem, numa escala de cinco estados de ânimo:

  • Muito triste;
  • Triste;
  • Nem triste nem feliz;
  • Feliz;
  • Muito feliz.

Em seguida, são listadas as situações que provocam esses sentimentos: o que deixa a equipe feliz e o que deixa a equipe triste. Feito isso, faz-se um brainstorming para identificar o que a empresa pode fazer para aumentar a satisfação de colaboradores.

4. Avalie os indicadores de gestão de pessoas

Outra forma de identificar como está a satisfação dos colaboradores é analisar os indicadores de gestão de pessoas, como absenteísmo, turnover e retenção de talentos.

Um índice de absenteísmo elevado (funcionários faltando muito) pode indicar problemas com lideranças, insatisfação ou doenças causadas por estresse, por exemplo. Quando um colaborador se ausenta muitas vezes, o mais indicado é chamá-lo para uma conversa para saber o que está acontecendo.

O turnover é outro indicador de que as coisas não vão bem. Se a empresa contrata bons profissionais e logo eles saem, existe algum gap entre o processo de recrutamento e seleção e a prática do dia a dia. No momento do desligamento, é fundamental fazer uma análise dos motivos que levaram o profissional a sair da empresa.

Nesse caso, também é importante verificar se a organização está oferecendo a valorização adequada. Planos de carreira, possibilidade de crescimento, salários e benefícios compatíveis com o mercado.

Mediu a satisfação dos colaboradores? Então crie seu plano de ação para reter os talentos agora mesmo!

Related Posts

Como captar mais clientes para sua imobiliária: 7...

Mitigação de riscos: conheça a chave para o sucesso...

8 dicas essenciais para a gestão de conflitos em...

Deixe uma resposta