NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Contabilidade

Sped EFD Contribuições: 4 pontos de atenção ao usá-lo

4 Mins de leitura

Você sabe o que é o EDF Contribuições? Trata-se de arquivo digital instituído no Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito privado na escrituração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins, nos regimes de apuração não-cumulativo e/ou cumulativo, com base no conjunto de documentos

Uma das principais obrigações tributárias por parte das empresas, seu cumprimento é fundamental para evitar a incidência de multas e outras penalizações por parte do fisco. Dessa maneira, podemos dizer que ao cumprir essa obrigação tributária torna-se possível melhorar a saúde financeira da sua empresa.

Pensando na sua importância, neste conteúdo explicaremos o que é o EDF Contribuições e como funciona o programa emissor. Destacaremos também sobre a importância de contar com um software especializado para emitir o EDF. Continue com a gente.

O que é o programa EDF Contribuições?

O EDF-Contribuições faz referência ao arquivo digital do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) utilizado por pessoas jurídicas no processo de escrituração da Cofins e o PIS/Pasep.

Sobre esse tema é importante destacarmos alguns pontos. O principal deles é que a escrituração dos tributos baseados na somatória de documentos e dados gerais das empresas. Entre elas estão as receitas obtidas em um determinado período, as despesas, os custos, etc.

Dessa maneira, o EDF Contribuições ajuda os contribuintes a fazerem a declaração do tributo de maneira centralizada. Isso porque todas as informações necessárias estarão reunidas em um arquivo único mensal.

Vale destacar ainda que o arquivo da EDF-Contribuições precisa ser validado, assinado de forma digital e transmitido no ambiente SPED. Tudo isso no meio on-line.

Como funciona o programa?

A partir da base de dados de cada empresa, a pessoa jurídica vai gerar um documento digital. Este, deve estar conforme o layout estabelecido pela Receita Federal. Nesse documento são informados os documentos fiscais e contribuições sociais.

Vale destacar ainda que o arquivo vai ser submetido à validação e importação na página do SPED e da Receita Federal.

Quais são os cuidados necessários para emitir o documento?

Programa EDF Contribuições

Existem alguns cuidados importantes para emitir o EDF. Eles são fundamentais para que seja possível a emissão correta do documento. Entre as principais questões a se atentarem estão a periodicidade, a instalação adequada do software, a base de dados e as eventuais retificações. Abordaremos sobre essas questões na sequência do conteúdo.

Banner eContador Alterdata

1. Periodicidade

O primeiro aspecto a ser levado em consideração para emitir o documento é a questão da periodicidade. O arquivo do EFD Contribuições deve ser apresentado ao fisco todos os meses. Este documento é transmitido após a validação e assinatura digital até o 10º dia útil de cada mês.

2. Instalação

Para instalar o Programa EDF Contribuições é preciso fazer a instalação da máquina virtual do Java. Depois da criação da escrituração, o documento pode ser visualizado pelo Programa Validador, com possibilidades de realização de pesquisas de registros.

O programa gerador de escrituração vai ajudar a sua empresa a importar o arquivo com o layout do EFD, criar uma escrituração, fazer a emissão dos relatórios, gerar o arquivo digital, etc.

3. Base de dados

A base de dados deve ser confiável para que as informações transmitidas ao sistema sejam fidedignas e, consequentemente, a sua empresa possa fazer a declaração dos tributos de forma correta.

4. Retificação

As pessoas jurídicas podem fazer a retificação dos arquivos digitais em até cinco anos após a escrituração sem nenhuma penalidade. No entanto, em algumas situações, a Receita Federal não vai validar. Isso acontece nos casos que a retificação resultem redução de débitos que já tinham sido encaminhados à Procuradoria da Fazenda Nacional.

Qual a importância de contar com um software especializado?

Por diferentes motivos, contar com um sistema especializado para a emissão do NF é fundamental para as empresas. Primeiramente, a ferramenta tecnológica contribui para diminuir o número de tarefas manuais, pois automatiza grande volume de atividades. Com isso, diminui-se o número de erros e a sua organização vai poder tocar em tarefas estratégicas que possam contribuir para o crescimento do negócio.

Ao contar com um software especializado torna-se possível ter acesso a um amplo volume de informações confiáveis. Essa questão é fundamental, pois os gestores vão ter confiança nos dados presentes no sistema. Assim, eles poderão ser usados para tomar decisões assertivas e fazer a escrituração de tributos.

Além disso, as empresas que contam com software especializado conseguem realizar mais tarefas em menos tempo e com efetividade. Com isso, elas serão capazes de otimizar a produtividade.

A Alterdata conta com software especializado na área contábil. Desde 1989, a empresa atua no mercado de desenvolvimento de sistemas e preza pela qualidade nas suas soluções. Ela também destaca-se por unir o conhecimento dos consultores com a experiência de profissionais de diferentes segmentos, somando às ferramentas tecnológicas mais avançadas do mercado.

Como é possível perceber, o conhecimento do programa EDF Contribuições é fundamental para as empresas. Esse sistema vai ajudar a sua empresa a cumprir a obrigação tributária de maneira efetiva. Por isso, procuramos apresentar o EDF Contribuições para que você possa ter conhecimento sobre esse relevante tema.

Este conteúdo no qual destacamos sobre os principais pontos de atenção para utilizar o programa EDF Contribuições foi útil para você? Conheça agora mesmo o sistema da Alterdata para contadores e veja como a nossa ferramenta pode te ajudar na emissão do EDF Contribuições.

165 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical Contábil da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Contabilidade

Fator R: conheça quais são as atividades sujeitas ao cálculo

4 Mins de leitura
Entenda o que é o Fator R, como é realizado seu cálculo e a sua importância dentro de uma estratégia de redução de custos.
ContabilidadeInteligência Fiscal

Como declarar o Imposto de Renda 2022

4 Mins de leitura
Se você tem dúvida de como declarar Imposto de Renda 2022, acaba de chegar ao lugar certo. Neste conteúdo, apresentamos um guia completo com a intenção de ajudar você, leitor, a declarar o IR e ficar em dia com a Receita Federal. Para isso, veremos os principais pontos da declaração de Imposto de Renda, como: quais grupos de pessoas devem declarar, quais são os valores para a obrigatoriedade e quem não é obrigado declarar o IR 2022. Após isso, é claro, mostraremos como declarar Imposto de Renda na prática, com…
Contabilidade

Quais as mudanças na LGPD para o setor de contabilidade?

4 Mins de leitura
A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), regulamentada desde o dia 14 de agosto de 2018, tem o propósito tanto de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.