NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Tecnologia

Existe relação entre a COVID e a tecnologia das empresas?

3 Mins de leitura

Nos últimos meses temos observado, e sentido, o grande impacto do Coronavírus no mundo. Há especialistas que dizem que este é o maior desafio global desde a 2ª Guerra. Saúde, economia, tecnologia e até mesmo os comportamentos estão sendo adaptados à nova realidade. São diversas as áreas afetadas pela pandemia e tanto as pessoas físicas quanto jurídicas têm sofrido com o agravamento da doença.

Além dos investimentos em saúde, os governos têm lançado medidas de auxílio assistencial, protetivas e de crédito, buscando fazer com que a “roda” da economia não pare, mas continue girando mesmo que ainda bem lentamente.

Neste período, é extremamente importante que os pequenos e microempresários tirem um momento para avaliar seus recursos tecnológicos, pois podem estar com seus dados vulneráveis ou até perdendo oportunidades criadas pelo novo perfil de consumidor.

Abaixo, algumas dicas de tecnologia para ter seu negócio ficar seguro, acessível e escalável:

Backup:

Todo o empresário, ou responsável pela informática, precisa ter a consciência de que “Backup nunca é demais”, principalmente neste período em que muitas empresas estão fechadas e seus computadores possivelmente vulneráveis. Manter bancos de dados, planilhas, imagens ou outros documentos no computador da empresa sem uma cópia de segurança é um risco muito grande, pois o HD (Disco Rígido) pode ser danificado e as informações inutilizadas, ou ter dados sequestrados por ataque hacker. Manter um Backup dos dados em outras mídias fora do ambiente empresarial, ou na nuvem, é a melhor forma de preservar suas informações.

Cloud Computing:

O termo “nas nuvens” tem se tornado mais comum a cada dia, hoje nossos smartphones acessam e armazenam dados em servidores ao redor do mundo, basta ter acesso à internet. O Cloud Computing é um ambiente remoto onde o empresário pode armazenar dados, acessar e editar documentos, fazer controles financeiros e de estoques… enfim, gerir toda a sua empresa, seja do ambiente de trabalho ou de casa através de variados programas via internet. Existem inúmeras opções de tecnologia disponíveis no mercado, adequadas às necessidades de cada empresa.

eCommerce e Delivery:

Com o advento dos decretos e restrições de funcionamento, muitos empresários tiveram que mudar sua forma de atendimento, pois agora o cliente não pode mais ir à loja. Entretanto o produto que este deseja pode ser entregue no “conforto da sua casa” bastando um pedido via internet, telefone ou WhatsApp. Vemos neste período o boom dos aplicativos de alimentação, mas é possível utilizar tecnologias de plataformas de vendas e entregas para praticamente quaisquer produtos. Hoje há vários softwares de gestão integrados a grandes marketplaces, como o Mercado Livre, por exemplo, ou com plataformas mais simples para vendas locais com ferramentas que auxiliam na entrega dos produtos, calculando melhor rota, gerenciando entregadores e recebimentos. A grande verdade é que o perfil do consumidor mudou, e investir nesta conveniência fará toda a diferença.

Indicadores:

Thiago Tombini, consultor e coach, disse que “Uma empresa sem indicadores é como um navio sendo guiado em meio a uma tempestade por um capitão cego”. Esta é uma analogia muito realista, pois um gestor precisa conhecer muito bem seu negócio, sua saúde financeira, recursos de estoque e ressuprimento, como também capacidade comercial. Neste período de isolamento as empresas precisam mudar sua forma de atendimento, fazer certos investimentos, e se não souber o “tamanho da perna” como poderá dar o passo sem se lesionar ou cair? Há, no mercado, inúmeras ferramentas que auxiliam na gestão destes indicadores, sistemas em nuvem e até planilhas de Excel que controlam, de forma simples e objetiva, o Fluxo de Caixa, Quantidades de Estoque, Demanda Reprimida, Sazonalidade, Curva ABC, Ponto de Equilíbrio, Ticket Médio e vários outros índices que auxiliam na tomada de decisão. Lembre-se que o seu contador é peça chave neste momento de incertezas do mercado, valorize-o.

Podemos dividir a gestão de qualquer negócio em duas partes: a matemática e a estratégia. Deixe que as ferramentas de tecnologia cuidem da matemática, com cálculos diversos, informações e segurança, enquanto a expertise do negócio – estratégia, fica a cargo do gestor para tomar as melhores decisões com base nos indicadores e ferramentas disponíveis ao seu negócio.

O que achou do assunto que abordamos neste artigo? Tem alguma opinião que gostaria de compartilhar ? Aproveite para deixar o seu comentário!

1 Artigos

Sobre o autor
Gerente da filial Goiânia
Artigos
Artigos relacionados
Tecnologia

O que é multicloud e para que serve essa estratégia? Entenda aqui!

5 Mins de leitura
0 0 Você já ouviu falar em multicloud? Bem, antes de conceituar o termo, é interessante trazer uma breve definição da computação…
AlterdataTecnologia

Verdadeiro ou Falso da LGPD: "O aceite da política de privacidade é forma de coleta de consentimento"

4 Mins de leitura
0 0 Se você caiu de paraquedas nesse artigo, recomendamos que olhe as postagens anteriores sobre a LGPD para entender melhor sobre…
Tecnologia

Trabalho remoto: como fazer segurança de dados

4 Mins de leitura
0 0 Estamos passando para uma das fases mais difíceis não só de saúde, mas nos negócios e economia em geral. Diante…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.