NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
Varejo

Como controlar o estoque de loja de forma eficiente?

5 Mins de leitura

O controle do estoque de loja é uma das maneiras mais eficientes de maximizar os lucros da sua empresa. Isso porque, manter o estoque sempre organizado é fundamental para analisar o movimento de saída e entrada de produtos e, com isso, garantir processos mais otimizados no seu negócio.

Além disso, quando o estoque de loja está em dia, você obtém informações mais precisas sobre a real demanda do seu produto no mercado e, assim, não ter prejuízo com perdas de vendas. No entanto, poucos lojistas sabem gerenciar de forma eficiente o estoque. Quer aprender mais sobre esse assunto? Então, continue conosco!

Quais são os principais formatos de gestão de estoque de loja?

Atualmente, existem diversos formatos de gestão de estoque de loja. A seguir, você vai conhecer um pouco mais sobre os quatro principais métodos de gestão. Vamos lá?

PEPS

Primeiro que Entra, Primeiro que Sai (PEPS): esse é um método que dá preferência às mercadorias com lote mais antigo. Ou seja, atribui um determinado custo ao preço de compra de acordo com a ordem cronológica de entrada do produto – até que os demais se esgotem. Veja quais são as suas principais vantagens e desvantagens:

  • Vantagens: por priorizar a venda dos produtos mais antigos, a utilização desse método evita que os itens à venda se tornem obsoletos. Além disso, é o método mais indicado para aqueles negócios que utilizam mercadorias ou matérias-primas com data de validade;

  • Desvantagens: controlar lotes distintos requer muita organização, principalmente para localizar o preço do lote mais antigo. Outra desvantagem presente neste método é o custo reduzido que as primeiras compras apresentam, gerando, assim, um contínuo aumento no preço de venda das mercadorias e a consequente insatisfação da clientela.

UEPS

Último a Entrar, Primeiro a Sair (UEPS): de forma resumida, esse método é o oposto do anterior, onde o valor do último lote que foi adquirido é utilizado para calcular e determinar o preço de venda da mercadoria. Com isso, o valor mais recente é o que vale, porque os gastos com a reposição de mercadorias são considerados.

Utilizando este método, a saída do último produto que chega ao estoque é priorizada, ou seja, a compra realizada recentemente. Confira as principais vantagens e desvantagens desse formato de gestão de estoque:

  • Vantagens: pela supervalorização do valor dos produtos, um crédito positivo é gerado no término do exercício, fazendo com que o valor total do estoque pareça maior do que o preço dos investimentos realizados nele. Além disso, possibilita um ajuste rápido nos valores que são cobrados aos clientes;

  • Desvantagens: método não viável para empresas que adquirem mercadorias frequentemente e que trabalhem com produtos perecíveis e que possuam data de validade. Outro ponto desfavorável é que a Norma Brasileira de Contabilidade não permite a utilização desse método para a emissão de documentos fiscais, o que acaba restringindo o controle interno dos produtos. Inclusive, a Receita Federal também veda essa prática na composição do Imposto de Renda.

Controle por planilhas manuais

Essa é uma prática bastante utilizada em lojas, principalmente as de pequeno porte. No entanto, o controle por planilhas manuais não é uma ferramenta desenvolvida com o objetivo de controlar estoques e demais processos gerenciais.

Por conta disso, ela conta com várias limitações de uso, o que, a longo prazo, pode influenciar na tomada de decisões ineficientes e inadequadas. Confira as principais vantagens e desvantagens desse formato de gestão de estoque de loja:

  • Vantagens: a utilização de planilhas manuais possui o baixo custo como uma de suas maiores vantagens – por isso que ela ainda continua sendo tão popular. Além disso, seu manuseio é relativamente simples, facilitando com que os funcionários possam utilizar;

  • Desvantagens: por conta da inserção manual das informações, a probabilidade de erros (de diferentes tipos) é maior. Podem ser: erros de digitação, dados inseridos de forma duplicada, falha no registro de determinada mercadoria etc. Além disso, ela permite a utilização de múltiplos usuários, o que pode resultar em alterações feitas de forma indevida. Isso significa que, inclusive, você pode estar ofertando um produto com o valor errado, acarretando em diversos prejuízos ao seu negócio.

Enterprise Resource Planning (ERP)

Com o avanço da tecnologia, vários softwares foram desenvolvidos para os mais diversos setores e funções. Com relação aos processos gerenciais, isso não seria diferente. O ERP, por sua vez, é um software de gestão que realiza o controle do estoque de loja de forma mais flexível, dinâmica e segura. Portanto, ele é o formato mais adequado para controlar o estoque de uma loja de forma eficiente. Confira algumas vantagens e desvantagens do ERP:

  • Vantagens: uma das maiores vantagens da utilização do ERP é, sem dúvida, a maior confiabilidade das informações, as quais, por sinal, são acompanhadas em tempo real. Com um software que possibilite o controle do estoque de loja, você consegue identificar quais são os itens necessários para adquirir e quanto tem de cada mercadoria. Ele também é importante porque consegue integrar dados das áreas de vendas e compras, garantindo um processo mais otimizado e ágil;

  • Desvantagens: como desvantagens podemos citar apenas o custo, quando comparado aos outros métodos, é um pouco mais elevado.

Por que eu preciso me preocupar em controlar o estoque de forma eficiente?

Agora que você conferiu algumas alternativas de gestão de estoque e qual é a melhor delas, vamos conferir os principais motivos pelos quais você deve se preocupar com o assunto para ter um ótimo planejamento estratégico? Continue conosco!

Garantir que todos os produtos disponíveis para venda estão em estoque

Quando você controla o estoque das suas mercadorias, você consegue saber a quantidade exata de itens que estão disponíveis para venda e, dessa forma, mantém um fluxo contínuo de vendas.

Já imaginou perder alguma venda por não saber se um produto está disponível ou não? Para evitar esse problema, realizar o controle de estoque de forma eficiente é fundamental.

Promover economia em gastos desnecessários

Essa é outra vantagem de realizar o controle do estoque de loja, pois ele está diretamente relacionado à saúde financeira da sua empresa. Isso acontece porque o controle de estoque proporciona um equilíbrio entre a compra e a venda dos produtos – os quais estão, realmente, sendo procurados pelos clientes.

Após essa identificação, você evita comprar mercadorias além do necessário. Afinal de contas, nenhum gestor gosta de ver um produto “encalhado” no estoque, concorda?

Inclusive, isso pode gerar outros custos, os quais poderiam ser mais bem aproveitados em outras áreas da empresa. Dessa forma, muitas empresas não conseguem maximizar seus lucros porque não realizam o controle do estoque de forma otimizada e prática.

Fazer a integração com os setores de compras e vendas

De forma inteligente, o controle do estoque de loja realiza a integração com os setores tanto de compras quanto de vendas. Essa é uma característica importante, pois, quando há um controle de entrada e saída de produtos do estoque, a identificação dos produtos que devem ser repostos é mais fácil e, assim, não há problemas de demanda. Interessante, não é mesmo?

E aí, gostou de aprender sobre como controlar o estoque de loja de forma eficiente? Se sim, que tal conhecer o ERP for ME, da Alterdata? É o melhor da tecnologia ao alcance da sua empresa. Clique aqui e experimente gratuitamente nossos serviços.

218 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Varejo

6 funcionalidades que todo sistema para papelaria deve ter

4 Mins de leitura
Entenda os benefícios de cada funcionalidade de um sistema para papelaria e veja como ele ajudará o seu negócio a ter sucesso no mercado.
Varejo

Como escolher o melhor programa para papelaria?

5 Mins de leitura
O programa para papelaria ideal oferece ganhos em agilidade, informações confiáveis, armazenamento seguro de dados, controle de prazos e muito mais!
Varejo

Software para papelaria: conheça a Alterdata

4 Mins de leitura
Conheça os diferenciais que um software para papelaria pode trazer para o seu negócio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.