Varejo

Como abrir uma papelaria sem erros? Confira 6 dicas

5 Mins de leitura

Abrir uma papelaria é aprovetar as caracacterísticas de destaque desse mercado, como o faturamento perene. É o caso da papelaria, porque ela costuma apresentar resultados estáveis ao longo do ano por não depender da sazonalidade. 

É por isso que vale a pena saber melhor como abrir uma papelaria.

Neste texto você vai entender como começar com esse tipo de estabelecimento, considerando desde a parte burocrática até as práticas mais recomendadas de gestão.

Confira nossas dicas!

Dica 1. A formalização

É preciso ter um CNPJ para abrir uma papelaria capaz de emitir notas fiscais. Além disso, com a formalização o empreendedor tem acesso a uma série de benefícios, como a aposentadoria, por exemplo. Por isso, o primeiro passo é sempre a formalização.

Existem 3 diferentes opções para quem pretende abrir uma empresa no Brasil, sendo o MEI, sigla para microempreendedor individual, a categoria mais indicada para o início de um projeto.

O MEI tem limite de faturamento de até 81 mil Reais por ano. Acima disso, existem categorias como a de microempresa, ME, na qual o limite é de 360 mil e Empresa de Pequeno Porte, EPP, com limite de 4,8 milhões.

É preciso cuidado para não errar na formalização. Assim a dica é reunir toda a documentação individual e a dos sócios. O recomendável é recorrer a um serviço contábil para fazer esse enquadramento sem erros e se organizar adequadamente para os compromissos que cada categoria exige.

Dica 2. A elaboração do plano de negócios

Assim como acontece em qualquer empreendimento, ao abrir uma papelaria a estratégia é fundamental. É isso que permitirá ao empreendedor se posicionar de maneira diferenciada no mercado. Logo, esse posicionamento pode fazer com que seus resultados apareçam mais rápido.

O plano de negócios nada mais é do que um documento que o próprio empreendedor pode fazer para descrever as principais informações sobre seu projeto.

De maneira prática ele reúne dados a respeito de:

  • metas;
  • mercado;
  • parcerias;
  • pontos fortes e fracos;
  • entre outros.

Sem detalhar essas informações, fica difícil desenvolver uma visão mais clara do negócio e se posicionar adequadamente.

Uma papelaria que sabe que não pode concorrer com uma empresa maior em termos de preço, por exemplo, ao identificar seus pontos fortes e fracos, pode investir em uma abordagem mais focada no atendimento. Dessa forma, pode gerar um diferencial importante.

Em resumo, estudar o mercado é o primeiro passo para encontrar um posicionamento adequado e em função disso evitar uma colocação errada no mercado.

Dica 3. As ferramentas digitais

As ferramentas digitais

Mesmo negócios mais tradicionais precisam considerar o potencial da internet para alcançar mais clientes.

Perfil da empresa no Google

Manter o perfil do seu negócio no Google, por exemplo, permite que uma empresa apareça destacada sempre que um endereço próximo dela for pesquisado.

A ideia é que quando o usuário digitar algo como “papelaria perto”, o sistema do Google apresente a solução mais útil para essa pessoa. Logo, tendo destaque nessa ferramenta, a tendência é que a papelaria seja apresentada.

Google Ads

Além disso, o tráfego pago é uma alternativa natural do seu negócio para captar tráfego qualificado.

E nesse sentido, as campanhas pagas no maior buscador do mundo, o Google, são uma excelente alternativa.

Com baixos valores, você consegue uma ampla gama de maneiras de atrair o cliente certo para o seu negócio.

Para quem precisa abrir uma papelaria, vale a pena pensar em estratégias de geolocalização para promover ofertas em uma área selecionada próxima do estabelecimento.

Objetivos como alcance, tráfego para o site e até a venda online podem ser trabalhados nesse sentido, aumentando a receita da papelaria.

Por isso, para quem quer abrir uma papelaria, torna-se indispensável utilizar a plataforma.

Meta Business Suite

O app para computador e celular reúne várias ferramentas excelentes e gratuitas tanto para o Instagram, quanto para o Facebook (ambos da mesma empresa).

Assim, por meio do Meta, você consegue responder mensagens, gerenciar anúncios e acompanhar indicadores do seu negócio em ambas as redes sociais.

Além de também contar com ferramentas valiosas para o planejamento de conteúdo da sua estratégia de marketing digital. Por exemplo, o agendamento de publicações em ambas as redes.

Com as ferramentas digitais é possível montar um “braço” online da papelaria para obter uma fonte de renda a mais.

Sem elas, o erro que a empresa pode cometer é o de ficar restrita a um mercado local.

Dica 4. Os fornecedores

Um bom motivo para formalizar o negócio é abrir um CNPJ. Assim, o empreendedor pode comercializar com outras empresas. No caso de fornecedores de maior porte, isso é fundamental. Até para fins de negociação. Afinal, como conseguir melhores possibilidades se a empresa sequer é formalizada?

Pensando nessa relação com os fornecedores, o mais indicado é pesquisar as opções do mercado em busca de parcerias de longo prazo. Fato é que empresas que conseguem movimentar um volume maior de produtos tendem a se beneficiar com descontos junto a esses parceiros. Logo, essa pode ser uma estratégia da sua papelaria para reduzir custos com a aquisição de ativos e economizar mesmo em uma etapa ainda inicial do projeto.

De qualquer forma, a dica é pesquisar os fornecedores disponíveis não só em relação à qualidade dos produtos que entregam e do seu histórico no mercado, mas também em função das opções de pagamento oferecidas. Sem atenção a isso, a empresa dificilmente conseguirá acordos melhores do que a média.

Dica 5. A escolha do local para abrir uma papelaria

É preciso ser estratégico na escolha da localização. Isso influencia, e muito, no faturamento. Para tanto, o ideal é considerar o público-alvo e seu comportamento. Uma boa possibilidade é identificar os hábitos de consumo e a faixa de renda desse público. Em função disso fica mais fácil escolher o local onde esse perfil é mais presente.

Geralmente, papelarias se saem melhor em locais próximos a instituições de ensino, escritórios, entre outros. É possível inclusive que estejam dentro de espaços como campus universitários.

De qualquer forma, o mais importante é que essa localização seja planejada com critérios.

Sem observar atentamente o resultado do plano de negócios, a tendência é que a empresa escolha locais aleatoriamente e assim corra maiores riscos.

Dica 6. A estrutura do negócio

Por fim, é preciso pensar na organização interna da papelaria. Um negócio dessa natureza pode variar em função do perfil dos clientes, entretanto, alguns elementos básicos precisam estar presentes. Entre outros podemos citar:

o espaço que deve ser arejado para que clientes e funcionários circulem tranquilamente;

  • mesas e cadeiras;
  • armários;
  • estantes de aço destinados para o estoque;
  • gaveteiros voltados para guarda de numerário;
  • balcão de atendimento, preferencialmente feitos de vidro com tampo MDF;
  • gôndolas centrais com prateleiras;
  • estantes para que os produtos sejam expostos;
  • máquina registradora;
  • computador com impressora para controle da movimentação;
  • telefone;
  • prateleiras inclinadas para painel canaletado.

É fundamental pensar nessa estrutura básica até para evitar erros na montagem da estrutura.

Entendeu agora como abrir uma papelaria sem erros?

Então confira nossos outros conteúdos sobre gestão e construa um negócio com maior potencial de sucesso!

Acompanhe nosso blog para se manter sempre atualizado (a).

319 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical de Gestão da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Dicas de GestãoVarejo

Como administrar uma loja de celular? Entenda 6 passos importantes

4 Mins de leitura
Conheça 6 dicas que vão te ensinar como administrar uma loja de celular do jeito certo e com maior potencial de lucro.
Varejo

9 dicas de marketing para loja de celular para bombar seu negócio

4 Mins de leitura
Confira as dicas de marketing para loja de celular que são capazes de atrair e fidelizar clientes.
Varejo

Como montar uma gestão de crise para papelaria?

4 Mins de leitura
Aqui estão os passos necessários para você colocar em prática a gestão de crise da sua papelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.