NOVO! Confira o último episódio do podcast Contabilidade sem neura Ouvir agora
ContabilidadeInteligência Fiscal

Profissionais contabilistas podem atuar no e-CAC em nome dos seus clientes

1 Mins de leitura

A Receita Federal permite que qualquer contribuinte emita procuração eletrônica, mesmo que este não possua certificado digital, o uso por um procurador do certificado junto ao e-CAC. Atualmente, quase a totalidade dos profissionais contabilistas fazem uso do certificado digital, principalmente com o advento da nova obrigação acessória eSocial. A boa notícia é que eles podem receber permissão para atuar no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) em nome de todos os seus clientes, mesmo daqueles que não possuem certificado digital. Este procedimento é disciplinado pela IN RFB 944/2009, mas não tem muito mistério em efetuá-lo.

Banner eContador AlterdataPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Aquele contribuinte que deseja outorgar uma procuração, ou seja, passar os poderes, deve entrar no site da Receita Federal e procurar o aplicativo para o cadastramento de sua procuração. No site, basta preencher os seus dados, os dados do outorgado, o profissional que estará recebendo os poderes, criar uma senha, determinar um prazo de validade e indicar quais os poderes quer outorgar. Todos estes procedimentos podem ser encontrados no site da Receita, tanto para os outorgantes que não possuem o certificado digital quanto para aqueles que na situação em que o outorgante e o outorgado possuem certificado.

 

Soluções em cloud para acelerar a produtividade e eficiência da equipePowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Artigos relacionados
Inteligência Fiscal

Resumo - Exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins

2 Mins de leitura
00No julgamento do Recurso Extraordinário nº 574.706/PR, ocorrido em 15/03/2017, o Supremo Tribunal Federal (STF), por maioria fixou a seguinte tese: “O ICMS não…
Contabilidade

Confira todas as novas normas de contabilidade publicadas

4 Mins de leitura
Veja as atualizações das normas de contabilidade sobre contratos de seguros, identificação e avaliação dos riscos de distorção relevante e mais
Inteligência Fiscal

Exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins

16 Mins de leitura
00Recurso Extraordinário nº 574.706/PR No julgamento do Recurso Extraordinário nº 574.706/PR, ocorrido em 15/03/2017, o Supremo Tribunal Federal (STF), por maioria e nos termos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.