Contabilidade

Como o contador pode se preparar para declarar o Imposto de Renda Pessoa Física 2023

4 Mins de leitura

O profissional da contabilidade é bastante requisitado quando o assunto é declarar o imposto de renda. Ele recebe inúmeros pedidos de pessoas físicas ou jurídicas para resolver essa obrigação perante a receita federal. No entanto, todo esse procedimento precisa ser bastante planejado para cumprir os prazos e não pagar multa ou ter prejuízo com as penalidades impostas pelo fisco.

Por isso é fundamental que o contador tenha um desempenho mais ativo com os seus clientes a fim de demonstrar que é importante fazer o acompanhamento das receitas e o registro das documentações para o imposto de renda. Também é fundamental utilizar tecnologias que agilizam bastante o processo de gestão.

Quer saber mais sobre esse assunto? Acompanhe esse texto e conheça informações sobre a declaração do imposto de renda. Veja também como o contador pode se antecipar e conhecer outros detalhes.

Qual o prazo para envio de declaração de imposto de renda em 2023?

A Receita Federal estipulou que o prazo de envio da documentação é a partir do primeiro dia útil do mês de março. E fica como fim do prazo o último dia útil do mês de abril. Ou seja, o contador tem até 60 dias para concluir o lançamento dos dados a partir dos documentos enviados pelo cliente.

É muito importante destacar que o cumprimento desse prazo é fundamental para não pagar multa. No caso de não cumprir o prazo é preciso pagar 1% ao mês do que é devido sendo que o valor mínimo é de R$ 165,74. E o máximo dessa multa é de 20% do imposto devido.

Além disso, o contribuinte inadimplente pode ter o CPF restringido e receber descontos na conta bancária. Portanto, é preciso que o contador tenha grande organização das documentações recebidas pelos clientes e fazer os lançamentos dentro do prazo esperado. O resultado disso é a obtenção de declarações de imposto de renda mais justas e completas, fazendo com que o cliente aproveite todas as deduções legais e possíveis.

Quem necessita declarar o imposto de renda em 2023?

declarar o imposto de renda

A Receita Federal define quais são as pessoas físicas enquadradas para realização do imposto de renda. Entre elas estão aqueles que receberam até aproximadamente 27 mil reais no ano. Ou ainda que arrecadou mais de 40 mil reais em rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte.

Também deverá declarar o imposto de renda quem tem renda bruta anual originária da atividade rural cujo valor é acima de 142 mil reais. Ainda estão obrigados a fazer imposto de renda as pessoas que realizaram operações na bolsa de valores. Mais detalhes podem ser consultados no próprio site da receita federal.

Qual a importância de planejar com antecedência a declaração do imposto de renda?

Começar a organizar o planejamento da declaração de imposto de renda somente no início do ano de 2023 pode ser ruim para pessoas físicas. Isso porque deixar para juntar e organizar todos os recibos a partir do ano que vem pode fazer com que nem todas as deduções importantes sejam de fato efetivadas. Isso faz com que o valor da instituição seja menos vantajoso. Ou pode acontecer que o imposto seja maior.

Quem perde com isso não são apenas os clientes, mas também os contadores. Estes acabam perdendo credibilidade na gestão contábil de seus clientes. Mesmo que o cliente tenha ciência de que não enviou os documentos dentro do prazo, no final, infelizmente é o próprio contador que tem a sua imagem manchada.

Como o contador pode se preparar para se organizar para declarar o imposto de renda?

O primeiro passo é se antecipar. Todo planejamento deve começar no ano anterior, ou seja, em 2022. Então é preciso organizar a equipe do escritório. Pode-se realizar treinamento daqueles inexperientes e ajustar detalhes com as equipes mais avançadas. Delegue tarefas e estipule metas e prazos.

Para seus clientes, é importante que o contador crie uma relação estreita e comunicativa a fim de orientá-los de como recolher todos os recibos e organizar os gastos do ano. É possível, por exemplo, que o contador ofereça planilhas ou sugestões de aplicativos que ajudam a fazer o recolhimento dessas informações. Com isso o contador estimula o cliente a não se esquecer de cobrar os recibos após situações onde há dedução de imposto.

Declarar o imposto de renda é uma oportunidade para oferecer outros serviços?

Geralmente os contadores são procurados por pessoas físicas para realizar especialmente o serviço de imposto de renda. No entanto, essa pode ser uma oportunidade para que o contador consiga oferecer outros serviços. Por exemplo, consultoria.

Essa função ajuda a acompanhar ao longo do tempo as finanças e indicar as melhores decisões. Ainda é possível verificar situações críticas, onde somente o contador pode agir para desfazer algum erro, dentro do que está estipulado em lei. Portanto, o contador deve pensar no cliente de maneira de 360 graus, oferecendo serviços completos e de acordo com a cartela de clientes.

Como a tecnologia pode ajudar?

Hoje em dia, a tecnologia pode trabalhar como aliada em torno da gestão da contabilidade. Por exemplo, existem softwares especiais para otimizar a gestão contábil. Esses softwares oferecem rotinas automatizadas que ajudam a aumentar a produtividade do escritório de contabilidade. Ele permite que os processos sejam otimizados e sem que haja a presença de uma pessoa digitando ou registrando os dados.

Também é possível estudar a situação da empresa e de seus clientes por meio dos relatórios sistematizados. Esses apresentam indicadores que podem fazer demonstrar quais variáveis ou clientes precisam de atenção redobrada.

Essas foram algumas informações sobre como o contador pode se preparar para declarar o imposto de renda. Para estreitar a relação entre cliente e contador, é fundamental estar sempre aberto para resolver dúvidas sobre todo o sistema contábil. Por exemplo, ofereça a consultorias ao seu cliente para que ele saiba se comportar nos momentos em que é necessário solicitar notas fiscais e outros documentos fundamentais para declaração do imposto de renda. Assim, contador e cliente formam uma parceria que é interessante para os dois.

Eliminar riscos na declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física tornou-se um diferencial para o contador conquistar e estreitar o relacionamento com os seus clientes. E para isso é necessária uma solução confiável de análise de caixa e evolução patrimonial, como o Analir Plus.

Quer saber mais? Então clique aqui e confira agora mesmo!

Instagram Alterdata Contábil
184 Artigos

Sobre o autor
Diretor da Vertical Contábil da Alterdata.
Artigos
Artigos relacionados
Contabilidade

REINF: tire suas dúvidas sobre a retificação

3 Mins de leitura
A princípio, a Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf) é um dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital…
Contabilidade

DIRF 2024 já tem data marcada

1 Mins de leitura
Quem pensou que não precisaria se preocupar com a DIRF 2024, se enganou. Após o anúncio de extinção em 2025, o prazo…
Contabilidade

Entrega da declaração do IR 2024 já tem data definida

1 Mins de leitura
E pra quem aguardava notícias sobre o IR 2024, a data de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física, foi anunciada: os…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *