Conheça a governança corporativa e como aplicá-la

Todo diretor tem como objetivo possuir uma ampla visão do próprio negócio, conseguindo controlar de perto e aprimorar todos os processos da empresa. Parece uma tarefa complicada, mas transformar a rotina de uma companhia em algo organizado é possível por meio da governança corporativa.

Esse sistema serve para, literalmente, colocar ordem na casa. Ele cuida de todos os princípios básicos do negócio, aumentando assim seu valor, sua longevidade e a qualidade da gestão.

A governança corporativa é indispensável para qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou do seu tempo de existência.

Interessado em saber mais sobre o que é e como implementar esse sistema na sua organização? Continue a leitura deste post!

Para que serve a governança corporativa?

O sistema de governança corporativa busca garantir a confiabilidade de uma empresa perante seus sócios e acionistas. Em outras palavras, é o conjunto de processos, políticas, costumes e leis que regulam a maneira como uma organização é dirigida.

A governança corporativa engloba e envolve a diretoria, o conselho de administração, o relacionamento entre os sócios, os órgãos de fiscalização e as demais partes interessadas.

Quais são seus princípios básicos?

Transparência

Visa disponibilizar para todas as partes interessadas (stakeholders) informações que vão além daquelas impostas por regulamentos ou leis. Deve envolver os diversos fatores que conduzem às ações gerenciais e condizem com a preservação e otimização do valor da companhia.

Equidade

Consiste em tratar de forma justa e igualitária todos os sócios e partes interessadas, considerando seus deveres, direitos, interesses, necessidades e expectativas.

Prestação de contas

Esclarece a atuação dos gestores de forma compreensível. É onde os agentes de governança devem assumir as consequências por seus atos e omissões e atuar com responsabilidade em relação a seus deveres.

Responsabilidade corporativa

Neste ponto os gestores buscam reduzir os aspectos negativos e ressaltar os positivos, sempre levando em consideração o modelo de negócio da organização, em curto, médio e longo prazos.

Quais são as suas práticas essenciais?

Os princípios básicos servem como modelos de valores essenciais para a empresa, bem como um norte para as boas práticas a serem seguidas.

Hierarquia

Todos os funcionários devem saber exatamente a quem responder, a fim de manter um alto nível de capacidade de entrega. Para isso, a empresa deve construir uma linha clara de hierarquia, apontando para quem cada integrante deve se direcionar.

Além disso, a pessoa com o cargo de “presidente” deve ser a responsável pelas decisões finais em situações de impasse.

Reuniões de acompanhamento

Essas reuniões devem ser realizadas entre equipes e sócios para o acompanhamento de projetos, instruções de novas diretrizes e estabelecimento de planos de ação para o alcance das metas. Essa é uma ótima maneira de manter um maior controle administrativo da empresa e acompanhar seu progresso.

Todas as reuniões devem ser registradas em ata, bem como as soluções e medidas nelas encontradas.

Conselho consultivo

Essa prática facilita o compartilhamento de sugestões e experiências para a melhor gestão da empresa. Para isso, é interessante reunir profissionais com diferentes perfis e maior bagagem. Por meio de conversas em que os maiores desafios da empresa são expostos, o conselho pode ajudar você a tomar as melhores decisões para seu negócio.

O grupo pode ser formado por 3 a 5 pessoas altamente capacitadas, realizando encontros de tempos em tempos (a governança deve decidir a frequência das reuniões). Os temas abordados podem ser os mais diversos, como aumento da eficiência, inovação e relevância do negócio no mercado.

Uma boa governança corporativa guia a empresa para um desenvolvimento econômico sustentável e proporciona otimizações no desempenho da companhia. O conjunto dessas práticas pode representar ao negócio uma grande vantagem competitiva, mais uma vez mostrando como o sistema pode aumentar o valor de uma organização.

E você, tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto? Divida sua opinião conosco nos comentários!

Related Posts

#FeitadeGente – Maykon Franco

7 dicas para ter sucesso na administração do seu...

Sistema de gestão integrada: 7 sinais de que você...

Deixe uma resposta