3 dicas para integrar os departamentos do seu escritório contábil

Estamos em um contexto de integrações. Tecnologias funcionam em conjunto, bem como os setores de uma empresa. É preciso sincronia, uma integração consistente como as engrenagens de um relógio para garantir que uma companhia não saia dos trilhos. A área contábil é o coração de qualquer negócio, portanto precisa estar bem alinhada a outros “departamentos-chave”, como setor pessoal e fiscal.

Acompanhe através desse artigo nossas dicas para integrar os departamentos do seu escritório contábil!

Por que integrar departamentos?

Toda empresa está em busca de reduzir seus custos. Os profissionais de T.I estão empenhados em buscar soluções que otimizem as demandas do mercado. Algumas tecnologias e programas de computador simplificaram atividades e estruturas que antes exigiam muito custo e grande número de pessoas ocupadas em mantê-los.

No contexto fiscal e contábil, é natural já haver alguma unidade no trabalho. Talvez por ambas lidarem com questões financeiras (patrimônio, tributo, etc), e por estarem em constante mudança devida legislação referente a esses setores, as companhias tem recorrido cada vez mais a mecanismos que reforcem essa integração, garantindo assim economia de tempo e eliminação de erros.

Confira agora nossas dicas de integração:

1. Preocupe-se com integrações de nota fiscal

Uma integração útil e gratuita na demanda fiscal é a integração com o Portal Nacional da Nota Fiscal Eletrônica. A devida escrituração dos livros e precisa apuração de impostos só pode ser concretizada através de uma gestão de Notas Fiscais. Existem programas capazes de acabar com a importação manual de notas fiscais. Através deles é possível Importar diretamente do site da Receita Federal as notas emitidas contra seus clientes para que, com sua autorização, sejam automaticamente importadas no Escrita Fiscal. Além disso, elimina perda de tempo com redigitação através de importação dos dados das notas fiscais eletrônicas e cupons fiscais de arquivos XML, site da Receita Federal e dos arquivos memória fita detalhe das ECFs de seus clientes. Aumento significativo na produtividade.

2. Aproveite integrações com aparelho de ponto

Através do Ministério do Trabalho, o uso de meios digitais pra captar o ponto de funcionários foi oficializado e incentivou o desenvolvimento de relógios cada vez mais modernos. Softwares de hoje já conseguem se comunicar com esses equipamentos, aproveitando seus registros para gerar relatórios como balanço, balancete, recibo de pagamento, rescisão, folha, livro fiscal e outros, via internet. Consultar os balancetes de um ou vários períodos em uma única tela, quer sejam de um mês, de um ano ou de vários anos se tornou muito mais fácil.

3. Pense nos demonstrativos contábeis

É interessante ter mais opções de análise. Pense em demonstrativos gerenciais, para acompanhamento do desempenho de seus clientes – análise econômico-financeira, horizontal e vertical com gráficos e comparativos entre períodos. Demonstrativos contábeis – DFC, DVA, DRA, DLPA, DMPL. Programas capazes de reunir essas demandas às outras formam um conjunto promissor. Com softwares assim, o trabalho contábil de três semanas pode ser reduzido a três dias.

Essas são só algumas possibilidades. Os programas para integração estão cada vez mais modernos e sofisticados, capazes de prover treinamentos, possuindo fácil implantação e contando com consultorias, suporte e cursos gratuitos. Sistemas que além de atenderem as demandas do cotidiano (Departamento Pessoal, Fiscal e Contábil), ajudam a gerir o negócio do contabilista. Se esse artigo foi útil para você, não deixe de conferir nossas dicas para a redução da inadimplência no escritório de contabilidade!

Related Posts

Como otimizar a força de vendas da sua empresa?...

#FeitadeGente – Wallace de Oliveira

Como preparar sua imobiliária para as mudanças...

Comments

  • Lucio
    18/07/2017 at 11:14

    Interessante.

    • Rodrigo Mendes
      25/07/2017 at 11:39

      Obrigado, Lucio! Continue acompanhando nossas atualizações semanais. Abraço!

Deixe uma resposta