Blog Alterdata

Carga tributária: sua empresa pode estar perdendo dinheiro

Carga tributária. Essa expressão traz à tona uma das principais preocupações do brasileiro, especialmente os empresários. Afinal, não é nenhuma novidade que, no Brasil, o peso dos tributos no bolso é bastante grande.

Porém, não se trata apenas do tamanho da carga tributária em si. Como as normas que regulamentam a tributação são extremamente complexas, quem deixa a preocupação com o assunto de lado pode prejudicar seriamente as finanças do negócio.

Em geral, por focarem na operação de seus negócios, muitos donos de empresa acabam deixando a questão tributária em segundo plano. Como resultado, erros podem ocorrer, além da perda de oportunidades importantes para a redução e recuperação dos valores recolhidos nos períodos de exercício.

Neste artigo, você vai entender melhor o problema da carga tributária e como sua empresa pode estar perdendo faturamento por causa dela.

Afinal, porque a carga tributária é um problema?

Quando um brasileiro reclama dos impostos, ele não está apenas sendo pessimista. O peso da carga tributária no país é realmente alto.

De acordo com um ranking desenvolvido pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), que comparou diversos países e divulgado em julho de 2020, a carga tributária no Brasil é inferior somente à da Argentina.

Além disso, dados apontam que a nossa relação entre carga tributária e PIB supera os 30%. Isso quer dizer que a quantidade de tributos arrecadados no país corresponde a cerca de um terço de toda a riqueza produzida anualmente.

O peso da carga tributária é um problema, e esse problema é agravado pelo fato de que as normas da tributação brasileira são muito complexas e estão sempre mudando. Neste momento, por exemplo, há uma proposta de reforma em andamento.

Isso significa que, na prática, muitos contribuintes não sabem exatamente quais são seus deveres ou possíveis benefícios aos quais têm direito.

Carga tributária e faturamento da empresa

A falta de atenção à questão tributária é comum entre empresas de pequeno e médio porte. Isso acontece, como já falamos, porque o empresário precisa dedicar seu tempo aos aspectos fundamentais da operação – vendas, produção, entregas, cobrança e afins. Então, não resta tempo para cuidar da gestão tributária, que é vista como uma tarefa mais burocrática. 

Afirmar que sua empresa pode estar perdendo faturamento por causa da carga tributária não é exagero. Sem uma atenção adequada a esse assunto, as consequências financeiras são concretas e podem ser graves.

Se a empresa não recolhe todos os tributos que deveria, ela fica sujeita a multas. Além disso, quando o erro finalmente for identificado, ela deverá fazer o recolhimento dos valores com juros, pagando muito mais do que era inicialmente devido.

Por isso, quem comete erros na hora de recolher os tributos, na verdade, não recolhe a menos. Em vez disso, recolhe a mais no futuro. Isso sem mencionar outras possíveis sanções.

Por outro lado, se a empresa não conhece as possibilidades do planejamento tributário, ela perde benefícios que permitem aliviar a carga de impostos, sem violar nenhuma obrigação. Ela continua recolhendo com alíquotas altas, que não seriam necessárias.

De fato, sem a devida atenção ao assunto, até as oportunidades de recuperar os tributos pagos a mais, na forma de crédito, passam despercebidas.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

O resultado é que esse excedente – seja por erros ou por falta de planejamento – acabam refletidos no faturamento da empresa. 

São recursos que poderiam fazer a diferença nas finanças: ser utilizados para fortalecer o capital de giro, reduzir o endividamento ou até investir na expansão do negócio. Em vez disso, são perdidos para o fisco.

Como preservar o faturamento da sua empresa?

Agora que já está mais claro o impacto da carga tributária sobre o faturamento, a próxima questão é entender como proteger o faturamento desse impacto. Para isso, temos duas recomendações:

Planejamento e verificações tributárias recorrentes

A primeira recomendação é investir em um bom planejamento tributário, assim como nas verificações tributárias recorrentes. 

Com o planejamento tributário, é possível organizar uma estratégia para que sua empresa possa ter uma carga tributária mais leve, sem infringir nas normas e leis vigentes. Na realidade, o planejamento consiste justamente em analisar a fundo as normas tributárias para encontrar benefícios em favor da sua empresa.

Essa prática também é conhecida como “elisão fiscal”, e não deve ser confundida com a “evasão fiscal” — a sonegação de tributos devidos. Ela é segura e fortemente recomendada para todas as empresas.

Enquanto isso, na frente das verificações tributárias, é possível identificar tributos que sua empresa já recolheu a mais. Esses valores podem ser recuperados na forma de créditos. Assim, sua empresa não precisará pagar o valor total em períodos futuros, o que acaba gerando economia de recursos.

Essas verificações devem ser recorrentes, já que em qualquer período, pode haver um pagamento extra que gere a possibilidade de um crédito. Se essa revisão não for feita de maneira consistente, a janela de oportunidade para obter a recuperação pode se fechar.

Para que o planejamento e as verificações tributárias tragam os resultados desejados, é importante que eles sejam realizados com o apoio de profissionais especializados e qualificados. Não hesite em pedir ajuda do seu escritório de contabilidade de preferência.

Simulador Tributário

A segunda recomendação é utilizar o Simulador Tributário, uma ferramenta útil para dar os primeiros passos na preservação do faturamento da sua empresa. Essa é uma calculadora de créditos, que permite fazer uma estimativa dos valores de crédito a recuperar.

Você só precisa inserir as informações solicitadas: a partir dos dados, considerando os principais tributos pagos pelas empresas em cada regime tributário (lucro real, lucro presumido e simples nacional), o simulador faz todo o resto.

O cálculo é realizado de forma rápida, simples e totalmente segura. Além disso, o Simulador Tributário pode ser utilizado gratuitamente.

Clique aqui e conheça o Simulador Tributário!

Essa ferramenta foi desenvolvida por especialistas, fruto da parceria entre a inteligência tributária da QS Tributos, que detém uma metodologia exclusiva, e a expertise em tecnologia de informática da Alterdata, que é referência no mercado de softwares.

Quer saber mais sobre contabilidade e como cuidar das obrigações tributárias da sua empresa, enquanto mantém a saúde financeira do negócio? Então, confira os outros conteúdos exclusivos do blog da Alterdata

Powered by Rock Convert
Sair da versão mobile