Ícone do site Blog Alterdata

Aprenda a fazer um cronograma de manutenção de condomínio

Aprenda a fazer um cronograma de manutenção de condomínio

A manutenção de condomínio certamente não é uma tarefa fácil. Afinal, com o tempo e a frequência de uso, os imóveis vão demandando intervenções que, se não realizadas, podem resultar em conflitos e depreciar o valor da construção. Por essas e outras, é importante que o gestor mantenha um controle rigoroso de vistorias e correções a fazer nas dependências do condomínio. E isso só é possível por meio da criação e do acompanhamento de um cronograma de manutenção.

Pensando nisso, resolvemos apresentar neste post diferentes abordagens para a elaboração dessa ferramenta de gestão. Continue acompanhando para ver inclusive como essas informações podem ser resumidas por meio de uma tabela bem simplificada!

Manutenção por frequência

Dependendo do tipo de tarefa, do equipamento ou da área de uso, haverá a necessidade de manutenções mais ou menos espaçadas. Veja só!

Diariamente

As tarefas de caráter diário geralmente envolvem apenas uma boa observação, como:

Semanalmente

A partir daqui, listaremos manutenções preventivas que vão além da simples observação, exigindo a tomada de ações para garantir o bom funcionamento das instalações. É preciso:

Quinzenalmente

A cada 15 dias, é preciso:

Mensalmente

Em algum momento do mês, é preciso:

Bimestralmente

A cada 2 meses, é necessário:

Semestralmente

De 6 em 6 meses:

Anualmente

Ao menos uma vez ao ano, é bom:

Manutenção por sazonalidade

Além da manutenção realizada em uma frequência específica, há também intervenções que devem ser feitas seguindo necessidades temporárias. Vamos ver alguns exemplos?

Chegada do verão

Geralmente no verão, os condôminos usam mais a piscina. Durante essa época, portanto, ela deve ser limpa com maior frequência. Isso significa que medições de pH e correções desse nível são práticas comuns nas semanas de maior calor.

Fim do período de chuvas

Após o mês de maio, quando se encerra a temporada de chuvas, pode ser uma boa época para começar a fazer alguns reparos na pintura, fechar fissuras que surgem com a umidade e impermeabilizar algumas superfícies.

Início da primavera

Em setembro, os jardins devem receber atenção especial. Com a entrada da estação das flores, as adubações e podas podem se tornar mais frequentes.

Preparação para as férias

Outubro é um ótimo mês para começar a se preparar para as férias. Nessa época, vale providenciar a contratação de empresas de dedetização e desratização, além de programar a limpeza da caixa e dos reservatórios de água.

As tempestades de verão também são preocupantes. Por isso, por que não programar para novembro uma vistoria completa no sistema de para-raios? Aproveite também para inspecionar telhados, ralos externos e calhas.

Cronograma de manutenção de condomínio

Estabelecer um calendário para a manutenção de condomínio é fundamental para a boa organização das atividades. Pensando nisso, mantenha um registro de quando foi realizada a manutenção A, B ou C, o que exatamente foi feito, o valor gasto e quando deve ser feita a próxima vistoria, conforme o prazo estabelecido no cronograma.

Você pode usar uma tabela, separando as atividades por áreas do prédio. Confira um exemplo referente à limpeza

Tarefa Diária Semanal Quinzenal Mensal Semestral Anual
Áreas comuns    x
Lixo    x
Portas e maçanetas    x
Esquadrias e vidraças    x
Paredes e teto    x    x
Cortinas, divisórias e persianas    x
Caixa d’água e reservatórios    x

Existem também sistemas de gestão que automatizam não só o controle dessas manutenções, mas também os processos da área financeira. Tais recursos ajudam o gestor a ganhar tempo no seu trabalho e a reduzir as chances de erros.

Acredite: com uma boa dose de organização e realizando os devidos registros baseados no cronograma, seu programa de manutenção de condomínio vai ser realmente eficiente, garantindo o bem-estar tanto de funcionários como de moradores!

E então, gostou das nossas dicas? Que tal aproveitar para nos seguir nas redes sociais e acompanhar de perto os próximos conteúdos? É só escolher: Twitter, LinkedIn, YouTube, Facebook e Instagram!

Sair da versão mobile