Site icon Blog Alterdata

Saiba o que precisa para abrir um pet shop pequeno

O que precisa para abrir um Pet Shop pequeno

São mais de 130 milhões de animais de estimação nos lares brasileiros, de acordo com dados de 2018 do IBGE. O Brasil ocupa o 4º lugar no ranking de faturamento mundial no mercado pet, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). E não é à toa: os brasileiros investem cada dia mais em cuidados para os bichinhos. Então, se você está pensando em abrir um pet shop pequeno, este é um momento favorável.

Veja: o mercado é promissor e o alto engajamento emocional dos donos com os seus pets impulsiona as vendas do setor. Porém, é essencial conhecer todas as etapas antes de concretizar a ideia de inaugurar um pet shop: do planejamento à promoção. Você sabe por onde começar? Se não, fique tranquilo. Neste post reunimos tudo o que você precisa saber para abrir o seu pet shop pequeno. O bê a bá.

Passo a passo para abrir um pet shop pequeno

Você ama o universo pet e não vê a hora de poder atender desde os mimos às necessidades mais básicas dos bichinhos. O sonho já está lapidado na sua cabeça, e esse é o passo que antecede a abertura de um pet shop pequeno. Porém, não é tudo. Há ainda um longo caminho a percorrer para tirar a ideia do papel com sucesso. E ele começa por aqui:

1º passo: planejamento

Essa é uma das etapas mais importantes antes de abrir um pet shop pequeno. Não para o momento em que ela é executada, Mas sim, lá na frente, no dia a dia, quando a loja já estiver em pleno funcionamento. “Mas por quê?” Porque a falta de planejamento de itens essenciais do negócio, como orçamento e análise de mercado, vai ser evidenciada no dia a dia, com dores de cabeça que podem ser evitadas. Por isso, leia sobre essa etapa com atenção.

Análise de mercado

A análise mercadológica é o momento no qual se avalia criteriosamente as condições para a abertura ou não de um negócio. É uma mapa que vai reunir as características e os fatores que interferem, neste caso, no mercado pet. Um modelo muito conhecido é a matriz F.O.F.A. Com essa ferramenta de planejamento, é possível levantar o cenário onde o negócio se instalará, com informações externas (oportunidades e ameaças de mercado); e dados internos (forças e fraquezas do próprio negócio).

Dessa maneira, identifica-se com mais clareza quais são os pontos críticos a serem trabalhados. Por exemplo, se há muita concorrência no entorno, e você a identifica na etapa do planejamento, pode pensar em estratégias para driblar os concorrentes. Se a vantagem competitiva do negócio é a localização em bairro nobre, há um claro potencial para venda de produtos premium. Então você já sabe como se posicionar no mercado, e por aí vai. As descobertas são muitas e essenciais para a saúde do negócio.

Levantamento de custo

De quanto você vai precisar para abrir um pet shop pequeno? Não adianta estimar um valor na sua cabeça somente. É preciso calcular exatamente o investimento inicial, que inclui todos os gastos que terá para a abertura e manutenção do negócio. Veja alguns dos principais:

Conceito de negócio

É uma espécie de apresentação sucinta que reúne as informações básicas sobre o negócio iniciante. O que você vende? Produto ou serviço? Para quem você vende? Qual a sua missão? Onde você quer chegar, ou seja, qual a sua visão? Faça um checklist com as respostas para essas perguntas. Assim, terá em mãos um resumo valioso sobre como abrir um pet shop pequeno. Inclusive, para sempre voltar quando surgir alguma dúvida.

2º passo: execução

É o momento em que as ideias começam a tomar forma: você já sabe qual é o seu negócio, para quem você vende, quanto irá investir em média e qual a expectativa de retorno desse capital. Agora é hora de colocar a mão na massa. Nessa etapa é comum existirem algumas divergências entre teoria e prática. E está tudo bem. O importante é fazer os ajustes à medida do orçamento previsto, norteando-se pela análise de mercado que foi feita na etapa de planejamento.

Escolha do ponto

Lembra-se de que a necessidade de um ponto comercial já foi mapeada na etapa anterior? Ao escolher o ponto para abrir um pet shop pequeno é essencial observar se o espaço é agradável e arejado. Caso sua ideia seja oferecer também serviços veterinários, observe se há instalações suficientes e minimamente adequadas para abrigar o consultório e a loja.

Início das reformas

Sim, dificilmente haverá um espaço pronto e perfeito para abrir um pet shop pequeno. E já que obras são necessárias, certifique-se de contar com o apoio de profissionais da área para evitar retrabalhos e dores de cabeça quando a loja estiver em pleno funcionamento.

Definição e compra do estoque

Na etapa de execução, as ações podem acontecer simultaneamente. Ao passo em que as obras seguem no ponto comercial, é recomendado que você inicie o processo de definição e compra dos produtos do pet shop. Leva um tempo até estabelecer uma rede sólida de fornecedores, bem como ajustar a logística de compra e recebimento. Por isso, separe boas horas para se dedicar ao estoque.

3º passo: inauguração

Abrir um pet shop pequeno é lidar com desafios constantes, especialmente no começo. Desde a etapa de planejamento até o momento de abertura, são várias as decisões para levar adiante o negócio. E uma das mais importantes está no último passo, que é o momento da inauguração. Veja o que é preciso fazer:

Planejamento e execução de ações de divulgação

A informação sobre a chegada de um novo empreendimento precisa chegar ao seu público-alvo, certo? Como isso será feito? Depende. Porque é preciso alinhar direito a mensagem ao seu destinatário. Mas nessa etapa você já terá informações sobre seu potencial cliente e saberá quais caminhos percorrer para encontrá-lo.

Há, claro, caminhos previsíveis. Hoje em dia, é comum utilizar as redes sociais para a promoção do negócio, bem como assessoria de imprensa, panfletagem e parceria com digital influencers. Analise quais delas é a mais adequada para chegar ao seu público-alvo.

Contratações

Está cada vez mais perto para você abrir um pet shop pequeno. Agora é a hora de colocar o negócio para girar. Portanto, nada mais essencial do que pessoas. Invista em uma seleção adequada para atrair os colaboradores que vão impulsionar o seu pet shop. Afinal, as pessoas que estarão na linha de frente da loja serão selecionadas nesse momento. Peça indicações de amigos ou cheque as referências curriculares.

Pronto! Agora você já sabe o passo a passo para abrir um pet shop pequeno, do planejamento à inauguração. Iniciar um negócio pode ser um processo desafiador, mas, sem dúvidas, se você seguir cada etapa com dedicação e compromisso bons frutos virão. Afinal, o mercado pet é bem promissor no Brasil.

Ficou interessado e quer seguir na jornada de aprendizado sobre como empreender no universo pet? Leia também sobre Como aproveitar o Instagram para vender mais no seu Pet Shop.

Sair da versão mobile