9 dicas para tirar fotos de imóveis para venda

Pela enorme competitividade no setor, pelo alto valor dos bens, pela criteriosidade do público, pela burocracia envolvida e por diversos outros fatores, a venda de imóveis nem sempre é um processo simples. Justamente por isso, é muito importante encontrar maneiras de se destacar, encantando possíveis compradores. E, sem dúvida, um dos meios mais eficientes de conseguir isso é por meio de fotos de imóveis de qualidade.

Um bom corretor de imóveis sabe que clicar um apartamento ou casa para a venda demanda atenção a detalhes, de forma a garantir a melhor representação possível daquele espaço. Lembre-se de que, hoje em dia, a maioria das vendas começa pela internet. Por isso, é muito importante dar argumentos para que o público se interesse pelo imóvel logo. E as fotos cumprem muito bem essa função!

Neste post, vamos apresentar 9 dicas fundamentais que certamente farão toda a diferença na apresentação dos seus imóveis, ajudando a otimizar as vendas. Acompanhe a leitura, capriche nos cliques e aproveite os resultados!

1. Pense na sequência

Antes de mais nada, é essencial pensar em como seu público vai visualizar as fotos. Lembre-se: quanto mais realista for a experiência de visualização, mais chances ela tem de despertar o interesse dos possíveis compradores. Assim, é muito importante pensar na sequência dos cliques e de sua exibição.

Tente reproduzir a experiência de alguém entrando no imóvel: fotografe a sala, depois o corredor, os quartos, a cozinha, a área de serviço, o quintal. Faça o possível para que a pessoa se sinta dentro daquele espaço, entendendo sua dinâmica e, claro, seus pontos mais positivos.

2. Retire objetos pessoais

Ao procurarem um imóvel para comprar, os possíveis clientes tendem a se imaginar ali, visualizando como seria sua rotina e seu estilo de vida naquele ambiente. Por isso, objetos pessoais demais podem a atrapalhar a experiência. Ao deixar claro que aquele espaço pertence (mesmo que temporariamente) a outra pessoa, os interessados podem inconscientemente se afastar do imóvel.

Para não correr esse risco, a recomendação aqui é para retirar todos os objetos pessoais no momento de fazer as fotos, deixando o espaço impessoal, mas, ao mesmo tempo, convidativo para aquelas pessoas que estão considerando sua aquisição.

3. Exagere nos cliques

Para entender a importância de se tirar muitas fotos, basta se colocar no lugar do comprador: ao buscar imóveis pela internet, as chances de se interessar por um que mostre todos os detalhes do espaço é muito maior que a de gostar de um imóvel com poucas imagens, que não permitem realmente conhecer o espaço. Então nada de economizar nos cliques!

Uma das maiores vantagens da tecnologia é justamente essa: com as máquinas digitais, é possível tirar muitas fotos sem encarecer o processo. Por isso, perca o medo de exagerar! Em vez de 5, que tal apresentar 20 fotos no anúncio do imóvel? Mas atenção: para garantir uma seleção de qualidade, talvez seja necessário fotografar uma centena de vezes!

4. Acerte o ângulo

Ainda pensando na importância de tentar reproduzir a experiência do possível comprador ao entrar no imóvel, é fundamental estar atento ao ângulo de cada foto. Em relação a esse ponto, a regra de ouro é simular a visão das pessoas. Assim, a posição ideal da câmera é aquela que está na altura dos olhos.

É claro que, para fotografar alguns detalhes, você vai precisar mudar esse ângulo. E tudo bem! De toda forma, para as fotos mais amplas, de ambiente inteiros, busque sempre respeitar essa regrinha para fazer com que a visualização das imagens seja muito mais confortável.

5. Capriche na organização

Antes de tirar as fotos, prepare os ambientes. Entenda desde já: isso não significa perder tempo, mas ganhar qualidade! Afinal, já que as imagens podem ser determinantes para conquistar uma venda, esse momento deve ser encarado como de extrema importância para seu negócio.

Faça uma limpeza superficial nos espaços, além de organizar os móveis e outros objetos que estiverem presentes na cena. Acredite: pequenos detalhes podem fazer toda a diferença! Ao fotografar os banheiros, por exemplo, abaixe a tampa do vaso sanitário e evite que a luz do flash reflita nos espelhos. Nos quartos, as camas devem estar arrumadas e as portas dos armários, fechadas. Já na sala, uma boa limpeza no chão vai deixá-lo muito mais brilhante nas fotos.

6. Observe a iluminação

Escolher a melhor hora do dia para fotografar também é importante, pois causa um grande impacto no resultado final. O ideal é aproveitar a luz natural para as fotos ficarem mais agradáveis e convidativas. Pensando nisso, tente se organizar para fotografar no começo da manhã ou no fim da tarde, situações em que o sol não está forte, conferindo uma luminosidade mais interessante.

Ainda em relação à iluminação, vale dar mais uma dica: só use o flash como último recurso. Essa ferramenta altera a profundidade dos espaços e distorce as cores, fazendo com que o aspecto geral fique mais pesado. Anote aí: quando o assunto é foto de imóvel, o melhor é manter ao máximo a naturalidade.

7. Prefira a horizontal

Pensando no melhor aproveitamento dos espaços e em formas de mostrar mais detalhes e características dos imóveis a seus possíveis clientes, procure sempre fotografar na horizontal — no chamado modo paisagem. Como essa forma se assemelha mais à visão humana, dá uma dimensão mais realista de como os espaços serão vistos em uma eventual visita.

Isso sem contar que é muito mais fácil usar imagens horizontais em seu site e em demais plataformas de divulgação. Por tudo isso, com exceção de fotos de detalhes, que podem ser verticais, a horizontal é sempre a melhor pedida!

8. Cheque a resolução

Por mais que seja tentador sacar o celular do bolso e fazer os cliques, o ideal mesmo é sempre usar uma câmera fotográfica para produzir as imagens dos seus imóveis, ok? Afinal, esse equipamento produz fotografias com muito mais qualidade e precisão. Caso não seja possível, ao menos cheque a resolução do celular, garantindo que as fotos terão no mínimo 5 megapixels para ficarem boas na internet.

9. Mostre os detalhes

Obviamente, é fundamental mostrar para os clientes o aspecto geral do imóvel, com imagens amplas e abertas. Mas não se esqueça dos detalhes, que também são superimportantes para encantar. Se o imóvel tem algum acabamento especial ou qualquer elemento que você acha que pode fazer a diferença, não deixe de fotografar! E se justamente aí você ganha um cliente?

Como você pôde ver, as fotos de imóveis são determinantes para o sucesso nas vendas. E agora que você já sabe como melhorar os cliques para encantar o público, apresentando os imóveis com charme, detalhe e muita qualidade, é só colocar todo o conhecimento em prática! Você logo vai observar a diferença dessas pequenas mudanças em seus anúncios!

Por fim, para acompanhar as tendências e novidades do setor imobiliário, que tal seguir a nossa página nas redes sociais? Estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn, além do YouTube!

 

Related Posts

Como captar mais clientes para sua imobiliária: 7...

Mitigação de riscos: conheça a chave para o sucesso...

8 dicas essenciais para a gestão de conflitos em...

Deixe uma resposta